Equipa

Amaro Carvalho da Silva - Professor de Filosofia da Escola Secundária Maria Amália Vaz de Carvalho – Lisboa; membro do Centro de Estudos de História Religiosa da Universidade Católica Portuguesa - Lisboa; autor de diversas publicações: O Partido Nacionalista no contexto do Nacionalismo Católico (1901-1910), Lisboa: Colibri, 1996; Esboço da Vida e Obra de Maria Amália Vaz de Carvalho, Lisboa 1997; vários estudos sobre o padre Martins Capela; colaboração em obras coletivas, em revistas e em periódicos.

António Matos Ferreira - Doutorado em História Contemporânea pela Universidade de Lisboa. É professor de História na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e da Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa. Autor de diversos artigos e comunicações científicas na área da História Religiosa e do Cristianismo moderno e contemporâneo, com destaque para as problemáticas do movimento católico, da secularização e da laicidade. Tem colaborado em várias obras coletivas, como: Histoire du Christianisme des origines à nos jours, coord. J M. Mayeur; Ch. E L. Pietri; A.Vauchez; M. Venard (Paris: Desclée, 1990-1995); História de Portugal: dos tempos pré históricos aos nossos dias, dir. João Medina (Amadora: Ediclube, 1993); História da Expansão Portuguesa, coord. Francisco Bethencourt; Kirti Chaudhuri (Lisboa: Círculo de Leitores, 1998-1999); Dicionário de História de Portugal. Suplemento. coord. António Barreto e Maria Filomena Mónica (Porto: Editorial Figueirinhas, 1999- 2000); Dicionário da História de Portugal e História Religiosa de Portugal, dir. Carlos Moreira Azevedo (Lisboa: Círculo de Leitores, 2000-2002). Membro do Centro de Estudos de História Religiosa, foi seu diretor (2011-2014).

Paulo Alexandre Alves - Doutorando em História Contemporânea na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (FCSH-UNL) e mestrando em Engenharia Informática e de Computadores no Instituto Superior Técnico (Universidade de Lisboa). É mestre em Teologia pela Universidade Católica Portuguesa (UCP) e mestre em História Contemporânea pela FCSH-UNL. É investigador integrado do Instituto de História Contemporânea da UNL e membro do Centro de Estudos de História Religiosa (CEHR-UCP). Foi responsável pelo desenvolvimento informático do Portal de História Religiosa, tutelado pelo CEHR-UCP, e do projeto “Counting Colonial Populations”, coordenado pelo Centro de História de Aquém e Além Mar (UNL-Universidade dos Açores). Desempenha atualmente funções no Núcleo de Informática da FCSH-UNL.

Sérgio Filipe Ribeiro Pinto - Doutor em História pela Universidade Nova de Lisboa (2013) com a tese «Servidores de Deus e Funcionários de César. O clero paroquial como “classe” socioprofissional (1882-1917)». Licenciado em Teologia pela Universidade Católica Portuguesa (2005) e Mestre em História pela Universidade Nova de Lisboa (2008), onde defendeu uma tese sobre a separação entre o Estado e a Igreja intitulada «Separação como modernidade: a Lei de 20 de Abril de 1911 e modelos alternativos», publicada pelo CEHR-UCP. Desde 2009 é docente convidado na Universidade Católica Portuguesa, onde leciona a disciplina de “Cristianismo e Cultura” aos cursos de Comunicação Social e Cultural e de Direito nas faculdades de Ciências Humanas e de Direito da Universidade Católica Portuguesa. Desde 2010 leciona na Saint Joseph University (Macau) a disciplina «Church History: the 19th and 20th centuries». Desde 2014 leciona as disciplinas de História da Igreja Moderna, História da Igreja Contemporânea e História da Igreja em Portugal ao Curso de Mestrado Integrado em Teologia do Instituto Superior de Teologia de Évora. No ano letivo 2015-2016 leciona a disciplina «História do clero no século XX – contextualização, figuras e espiritualidades» ao Curso de Doutoramento em Teologia da respetiva Faculdade da Universidade Católica Portuguesa. É membro da Association Française d'Histoire Religieuse Contemporaine (AFHRC) desde 2009. Integra a direcção do Centro de Estudos de História Religiosa e a Comissão Redatorial da Revista Lusitania Sacra desde 2014. É conferencista e autor de diversas publicações sobre o catolicismo contemporâneo, o clero português do mesmo período, os processos de secularização e a laicidade.