Mostrar 229 resultados

Descrição arquivística
Irmandade dos Clérigos do Porto Documento composto
Previsualizar a impressão Ver:

218 resultados com objetos digitais Mostrar resultados com objetos digitais

[Invitatório de Nossa Senhora]

9 partes vocais do Invitatório de Nossa Senhora. Obra dividida em vários andamentos: Invitatório de Nossa Senhora “Sancta Maria Dei genitrix” (Andante Moderato), “Sancta Maria Dei genitrix” (Allegretto); Responsório 1º “Sancta et inmaculata” (Andante), “Quia quem caeli” (Allegro); Verso Solo “Benedicta tu in mulieribus”; Responsório 2º “Congratula” (Allegretto Solo), “Et de meis” (Allegro); Responsório [3º] “Felix nam que es Sacra virgo Maria” (Andante moderato), “Quia ex te” (Allegro), Verso “Ora pro populo” (Largo).

[Fundo do legado de um Irmão Sacerdote (Letra T)]

Livro constituído por assentos relativos à administração do legado instituído na Irmandade por um Irmão Sacerdote (Letra T). Dos vários registos, destacamos as certidões de missas rezadas no âmbito do cumprimento do referido legado (1842-11-12 a 1851-08-12 e 1851-11-13 a 1870-08-09).
Esta fonte contém termos de abertura (fólio 1) e encerramento (fólio 90v).

[Fundo do legado de um Irmão Sacerdote (Letra J)]

Livro constituído por assentos relativos à administração do legado instituído na Irmandade por um Irmão Sacerdote (Letra J). Dos vários registos, destacamos as certidões de missas rezadas no âmbito do cumprimento do referido legado (1842-11-12 a 1855-02-14 e 1855-05-14 a 1870-07-00).
Esta fonte contém termos de abertura (fólio 1) e encerramento (fólio 92v).

[Fundo do legado de um Irmão Sacerdote (Letra H)]

Livro constituído por assentos relativos à administração do legado instituído na Irmandade por um Irmão Sacerdote (Letra H). Dos vários registos, destacamos as certidões de missas rezadas no âmbito do cumprimento do referido legado (1810-12-25 a 1870-12-30).
Esta fonte contém termos de abertura (fólio 1) e encerramento (fólio 92v).

[Explicação do Catálogo dos Legados]

Livro constituído por descrições detalhadas dos legados instituídos na Irmandade por João Tinoco Vieira (Irmão e Ex-Presidente); por Manuel Rodrigues Leão (Irmão Secular); por Pedro Gomes de Matos (Irmão Secular); por Manuel Gomes da Cruz (Irmão Secular); por António Rodrigues Souto (Irmão Secular); por Francisco João Martins (Irmão Secular); por Inácio Ribeiro Machado (Irmão Secular); pelo Reverendo Doutor José da Glória Camelo e Abreu (Irmão, Ex-Presidente e Abade de São Martinho de Cavalões) e por Tomásia Rosa de São José Camelo (irmã do anterior); pelo Reverendo Doutor José Barbosa de Albuquerque (Irmão, Ex-Presidente e Abade de Santa Maria de Oliveira); pelo Reverendo Domingos Gomes Vale (Irmão) e por Sebastião Vieira de Matos (Irmão); pelo Reverendo João dos Santos Álvares (Irmão); pelo Reverendo Bento dos Reis Bernardes (Irmão, Ex-Presidente e Abade Reservatário das Igrejas de São Roque de Vila Chã e de São Nicolau do Porto); pelo Reverendo Pedro Soares de Vasconcelos (Irmão e Ex-Presidente); por Dionísio Verney (Irmão); por dois Irmãos Sacerdotes; por João de Matos Coelho (Irmão e Ex-Tesoureiro); pelo Reverendo Doutor Simão da Costa Silva (Irmão e Ex-Deputado); por Francisco Martins Moreira; por António Duarte Simões (Irmão e Ex-Deputado); por Manuel Joaquim Simões (Irmão e Ex-Deputado); pelo Abade Manuel Joaquim Monteiro de Almeida (Irmão e Ex-Presidente); por Ana Bernardina de Santo Tomás Simões, por Engrácia Roberta Simões e por Francisca Rita Simões (Legado da Missa Primeira e reforços ao Legado de Lava-Pés); pelo Reverendo Manuel Vieira Peixoto (Irmão); pelo Reverendo António da Silva Rocha (Irmão); por António da Costa Paiva, Barão de Castelo de Paiva (Irmão Secular); por Maria Emília de Jesus Magalhães Cabral e por António José da Cruz Magalhães.
Os assentos contêm, entre outras informações, os encargos, os fundos constituídos para suprir gastos, os bens deixados à Irmandade e as demandas com os herdeiros.
Nesta unidade de informação registaram ainda os legados em vigor em 1855.
Esta fonte contém termo de abertura (fólio inicial).

Mesa da Irmandade dos Clérigos do Porto

[Escritura de cedência de acções da Companhia Geral da Agricultura das Vinhas do Alto Douro à Irmandade dos Clérigos]

Escritura de cessão e quitação de duas acções da Companhia Geral da Agricultura das Vinhas do Alto Douro pelo Padre José Manuel Pereira de Amorim («e outros») à Irmandade dos Clérigos, em 1879-09-23. Inclui outros documentos sobre o mesmo assunto.

[Empréstimos concedidos a Justina Luísa Guimarães e a Cacilda de Morais Freitas]

Maço constituído por documentação relativa a empréstimos concedidos a Justina Luísa Guimarães e a Cacilda de Morais Freitas. Para tal, as suplicantes hipotecaram moradas de casas.

Alguns elementos identificativos das suplicantes:
Justina Luísa Guimarães – proprietária, viúva em primeiras núpcias de João Cardoso de Morais e em segundas núpcias de Félix António Lopes Guimarães e moradora na Rua das Taipas, n.º 85;
Cacilda de Morais Freitas – filha de Justina Luísa Guimarães, viúva e moradora na Rua do Correio.

[Empréstimo concedido a Vicente de Azevedo Campos e a Joaquina Pinto de Sousa Campos]

Maço constituído por documentação relativa a um empréstimo concedido a Vicente de Azevedo Campos e a Joaquina Pinto de Sousa Campos. Para tal, hipotecaram vários prédios.

Alguns elementos identificativos dos suplicantes:
Vicente de Azevedo Campos – morador na Rua da Senhora da Luz, números 261 a 265, Foz do Douro;
Joaquina Pinto de Sousa Campos – casada com Vicente de Azevedo Campos.

[Empréstimo concedido a Vicente José Correia]

Maço constituído por documentação relativa a um empréstimo concedido a Vicente José Correia. Para tal, o suplicante hipotecou uma morada de casas sita na Rua do Calvário, Freguesia de Miragaia.

Alguns elementos identificativos do suplicante:
Vicente José Correia – viúvo e residente na Freguesia de Miragaia.

[Empréstimo concedido a Miguel Joaquim Gomes Cardoso]

Maço constituído por documentação relativa a um empréstimo concedido a Miguel Joaquim Gomes Cardoso. Para tal, o suplicante hipotecou todos os bens que possuía (casas sitas ao Cabeçudo, acima da fonte, na Rua Direita de Vila Nova de Gaia).

Alguns elementos identificativos do suplicante:
Miguel Joaquim Gomes Cardoso – doutor, Advogado da Relação do Porto, casado com Dona Maria Inácia e morador na Rua Nova de Santo António, Porto.

Resultados 31 a 40 de 229