Mostrar 36576 resultados

Descrição arquivística
Português
Previsualizar a impressão Ver:

1124 resultados com objetos digitais Mostrar resultados com objetos digitais

Carta de José, bispo da Guarda

(Guarda) Acusa a receção da carta do P. Sebastião, declara que a realização do Monumento lhe merece todo o interesse e garante que oportunamente fará o que puder. Tem anotação a lápis azul: 2ª 16 Maio 1937.

José Alves Matoso

Carta do bispo de Beja

(Beja) Acusa a receção da carta do P. Sebastião e transmite a sua satisfação pelo pensamento de se erigir um Monumento a Cristo Rei. Deseja de todo o coração que a sua diocese ainda que pobre se manifeste com generosidade e amor fervente e envia a sua bênção ao P. Sebastião e aos respetivos colaboradores em dia de S. Inácio.

José do Patrocínio Dias

Carta de D. Moisés Alves de Pinho

Agradece a carta do P. Sebastião e informa que já conseguiu reunir cinco contos para o Monumento e declara que mais alguma coisa se conseguirá apesar de ser uma diocese missionária e no meio de uma crise. O envelope é dirigido para a sede do Secretariado na R. dos Douradores nº 57 e tem carimbo dos correios de Lisboa datado de 3 de dezembro de 1937.

Moisés Alves de Pinho

Carta de D. Rafael, bispo de Cabo Verde

(S. Nicolau, Diocese de Santiago de Cabo Verde) Acusa a receção do primeiro e segundo números de O Monumento. Informa que a diocese de Cabo Verde não recebeu as listas da subscrição e lembra a conveniência de serem enviadas, pois: "algumas migalhas se podem recolher por estas terras entre a pobreza da sua gente profundamente religiosa".

Rafael Maria da Assunção

Carta do bispo de Cabo Verde

(Lisboa, R. Silva Carvalho) Devolve maços de listas ao P. Sebastião e pede-lhe para definir em conjunto com Monsenhor António José Bouças, que ficou a Governar a Diocese durante a sua ausência, um número mais adequado de listas tendo em vista a população "miserável e diminuta". Refere que já em 31 de agosto de 1938 tinha pedido listas para a subscrição do Monumento e que o P. Sebastião tinha prometido o envio em 22 de fevereiro de 1939. No dia 15 de julho de 1939 foi obrigado a viajar para Lisboa por motivos de saúde. No dia 10 de fevereiro foram devolvidos pelo correio de Cabo Verde 4 maços, registados no correio de Lisboa a 7 de dezembro de 1939.

Rafael Maria da Assunção

Voto do Episcopado Português (versão)

(Santuário de Fátima) Voto feito pelo Episcopado Português reunido em Fátima prometendo a Jesus a construção de um Monumento em honra da realeza do seu Divino Coração para obter a graça do Estado acordar num estatuto que reconhecesse à Igreja Católica os respetivos direitos e liberdades. A invocação final aos Corações de Jesus e Maria e aos Anjos e Santos do Paraíso está rasurada.

Carta de José Augusto Monteiro do Amaral

(Lisboa. Ministério da Guerra. Gabinete do Ministro) Remete três fotografias aéreas de Almada onde se presume que se irá erguer o Monumento a Cristo Rei. Pede informação sobre se as fotografias servem para identificar o local e são aceitáveis. Caso contrário prontifica-se a mandar fazer novos clichés.

José Augusto Monteiro do Amaral

Carta de António, bispo do Funchal

Conforme prometido na carta anterior, remete a relação dos valores das ofertas para as Pedras Pequeninas recolhidas na diocese. A importância total foi enviada por um cheque da Caixa Geral de Depósitos datado do dia anterior.

António Manuel Pereira Ribeiro

Resultados 1 a 10 de 36576