Print preview Close

Showing 64 results

Archival description
Arquivo Guilherme Braga da Cruz Sub-section
Print preview View:

Membro da Comissão Redatora da "Revista de Legislação e de Jurisprudência"

Guilherme Braga da Cruz iniciou as funções de membro da Comissão Redatora da "Revista de Legislação e de Jurisprudência" em 1960. Após a morte de Fernando Andrade Pires de Lima, diretor da revista, em 4 de setembro de 1970, Guilherme Braga da Cruz assumiu um papel fundamental, garantindo a composição, revisão e publicação da revista. Além disso, enquanto membro da comissão redatora tomou sobre os ombros a responsabilidade de redigir a história da revista no seu centenário, que culminou na publicação de uma obra de proporções monumentais, que oferece um quadro robusto da vida política, jurídica e académica dos séculos XIX e XX - "Revista de Legislação e de Jurisprudência (Esboço da sua história)".

Diretor da Verbo-Enciclopédia Luso-Brasileira de Cultura

Guilherme Braga da Cruz fez parte do corpo diretivo da Verbo-Enciclopédia Luso-Brasileira de Cultura desde o início da década de 1960, sendo que a 10 de junho de 1964 solicita a sua dispensa, visto não terem sido pedidos contributos a si e aos seus colaboradores sobre temáticas das quais são especialistas.

Doutor "honoris-causa" pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo

Guilherme Braga da Cruz foi agraciado pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo com a atribuição do doutoramento "honoris-causa", em cerimónia decorrida no dia 18 de agosto de 1964, em São Paulo. Nesta ocasião, Guilherme Braga da Cruz proferiu lições subordinadas a "Princípios fundamentais de direito sucessório romano".

Vogal da Junta Nacional de Educação

Guilherme Braga da Cruz foi vogal da Junta Nacional de Educação, na secção dedicada ao Ensino Superior, de 1955 a 1962 e de 1966 em diante. Neste contexto, foi autor do parecer da Junta Nacional de Educação (1ª Secção) acerca do Projeto de diploma legal sobre as Bases Gerais da Estrutura e Funcionamento da Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Católica Portuguesa e do parecer da Junta Nacional da Educação sobre as "Linhas gerais da reforma do ensino superior".

Diretor do Centro Universitário de Coimbra da Mocidade Portuguesa

Guilherme Braga da Cruz foi convidado para fazer parte dos corpos dirigentes da Mocidade portuguesa em 1943, por Orlando Ribeiro, à data diretor do Centro Universitário de Coimbra da Mocidade Portuguesa. Com a transferência deste para a Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, Guilherme Braga da Cruz assumiu a direção até 1951.

Results 1 to 10 of 64