Previsualizar a impressão Fechar

Mostrar 741 resultados

Descrição arquivística
Irmandade dos Clérigos do Porto Com objeto digital
Previsualizar a impressão Ver:

[Livro de Eleições da Confraria dos Clérigos de São Pedro ad Vincula]

Esta fonte contém os termos de eleição dos oficiais da Confraria de São Pedro ad Vincula e também os termos de admissão de Irmãos da mesma. No fl. 1 encontra-se o registo da eleição dos oficiais fundadores da Confraria, datado de 1654-08-01.

Confraria dos Clérigos de São Pedro ad Vincula

Termos São Fillippe na Graça

Brochura constituída pelos termos das Mesas da Congregação de São Filipe Néri. Estes assentos apresentam decisões administrativas relativas à aceitação, composição e expulsão de Irmãos; à repartição em esquadras para os ofícios das almas nas primeiras segundas-feiras de cada mês; às eleições; à reforma dos Estatutos; às contas e entregas da confraria; entre outras.
Esta fonte contém índice (fólios iniciais) e termo de encerramento (fólio final).

Congregação de São Filipe Néri

Termos dos Irmãos – São Fillippe Neri na Graça, e Congregaçam

Brochura constituída por termos individuais e colectivos de admissão de Irmãos na Congregação de São Filipe Néri. Os assentos contêm dados como: a data (dia, mês e ano) e o local onde decorreu a reunião na qual o Irmão foi admitido, bem como a identificação dos membros presentes (Presidente, Deputados e/ ou Irmãos); o objectivo e o autor da petição apresentada à Mesa; o nome, a profissão, o cargo e a residência do Irmão admitido; o papel do Zelador-Mor ou do Zelador na recolha e preservação de informações respeitantes ao requerente ou ao processo de requisição de admissão; o valor da esmola de entrada; a indicação de que o Irmão foi riscado da confraria; o registo de uma posterior readmissão (localização do novo termo); a anotação de falecimento do Irmão; as assinaturas; a data do assento; entre outros.

Congregação de São Filipe Néri

São Fillippe Eleiçõis, receita e despeza

Os registos destes livros reflectem vários aspectos da gestão da Congregação de São Filipe Néri. O primeiro livro – «Livro da Congregaçam dos Clerigos de Sam Phelippe Neri Sita na Igreja de Sancto Antonio da Porta de Carroz Extra muros desta Cidade do Porto, que ha de Servir para os termos das Eleiçoens, e para as Contas da dicta Congregação. Anno 1686.» (fólios 1 a 191v) – contém termos de eleição (fólios 4 a 26; 1686-05-27 a 1706-05-25) e assentos das receitas e das despesas da congregação (fólios 153 a 189v; 1687-06-00 a 1707-05-30). No segundo livro – «Livro da Congregaçam dos Clerigos de Sam Phelippe Neri Sita na Igreja de Sancto Antonio da Porta de Carroz Extra muros desta Cidade do Porto, que ha de Servir para os Inventarios da fabrica, E para os termos da Entrega da dicta Congregaçam, E dos Thezoureiros della. Anno 1686.» (fólios 1 a 23) – registaram inventários da fábrica e termos de entrega da irmandade (fólios 4 a 21v; 1686-06-28 a 1707-05-30).

Congregação de São Filipe Néri

Livro de recibo e despeza desta Congregação [de São Filipe Néri]. Anno de 1666. Receita e Despeza

Rendimento das entradas dos Irmãos. Despesas/gastos da Congregação (ex.: livros, papel, panos, alfaiate por feitio de ornamentos, esmolas, Coveiro), em parte dos anos com registo autónomo dos gastos com a festa de São Filipe Néri (ex.: música, armação, Pregadores, fogo/foguetes, charamelas). Rendimento/receita da Congregação (ex.: Audiências/Juntas, entradas de Irmãos, faltas). Termo de entrega de objectos da «velha» Mesa à «nova» entre 1669 e 1670 (ex.: uma cruz, uma manga de chamalote de lã, cordões, uma caixa da cruz e pão dela, Estatutos, livros). Termo de reformação da cera e termo da cera que se reduziu a dinheiro em 1683.
Com termo de abertura no fólio 1, sem termo de encerramento.

Congregação de São Filipe Néri

Irmandade de São Filippe Neri

Os registos destes livros reflectem vários aspectos da governação da Congregação de São Filipe Néri. O primeiro livro – «Livro da Congregação dos Clerigos de Sam Phelippe NERI Sita na Igreja de Sancto Antonio da Porta de Carros desta Cidade do Porto, em que se contem os titulos, que se seguem. Anno de 1686.» (fólios 1 a 198v) – contém assentos de composição com os ausentes (fólios 2 a 10v; 1687-06-01 a 1707-03-01), decisões administrativas relativas a obras, a mudanças da irmandade e a inovações (fólios 140 a 143v; 1688-05-27 a 1707-04-19) e termos relativos à gestão da irmandade (fólios 189 a 194v; 1686-12-05 a 1707-05-17). No segundo livro – «Livro da Congregação dos Clerigos de São Phelippe Neri Sita na Igreja de Sancto Antonio da Porta de Carros desta Cidade do Porto, Em que se Contem Os titulos, que se seguem. Anno 1686.» (fólios 1 a 226) – registaram róis de Irmãos vivos e falecidos (fólios 2 a 48v; admitidos de 1666-01-04 a 1707-04-04), termos de aceitação de Irmãos (fólios 52 a 73v; 1687-04-21 a 1707-04-18) e assentos de óbito dos membros da irmandade (fólios 213 a 226; 1686-08-01 a 1707-04-18).

Congregação de São Filipe Néri

Graduale Romanum de tempore, et sanctis ad normam missalis ex decreto sacrosancti Concilii Tridentini restituti, S. Pii V. pontificis maximi jussu editi, Clementis VIII. ac Urbani VIII. auctoritate recogniti; omnia exhibens ad ecclesiasticum cantum in quibuscumque missis cum solemnibus, tum feriatis neccessaria: nunc postremo iis etiam locupletatum, quae nuperrime a summis pontificibus fuere concessae.

Livro impresso com notação musical. Frontispício e texto impresso a vermelho e preto. Notação musical quadrada a preto sobre tetragrama vermelho. Publicação: Venetiis [Veneza], MDCCXXXVI [1736]: apud Nicolaum Pezzana. Marca tipográfica no rosto representando um lírio, assinada por "Suor Isabella Piccini scl [et] Zanchi In". Este livro contém as seguintes partes: Graduale De Festivitatibus Sanctorum – 279 p.; Commune Sanctorum - i p.; Graduale Missarum – 1 p.

Nicolò Pezzana (162?-170?), impressor, Antonio Zanchi (1631-1722), gravador e Isabella Piccini (1644-1734), gravadora.

O Graduale Missarum tem o seguinte título: Graduale missarum in festis trium ordinum sancti patris Francisci ad normam Missalis Romani ex decreto sacrosancti Concilii Tridentini restituti, S. Pii V. pontificis maximi jussu editi, Clementis VIII. ac Urbani VIII. auctoritate recogniti; praeter alias impressas, eas etiam Sanctorum Missas comprehendens, quae per sacram rituum congregationem approbatae, novissimè prodiere. Editio omnium optima ad novi kalendarii nuper ab Inocentio XII. approbati ritè & rectè disposita. Publicado: Venetiis [Veneza], MDCCXXX [1730], apud Nicolaum Pezzana. Frontispício e texto impresso a vermelho e preto. Notação musical quadrada a preto sobre tetragrama vermelho.

Igreja Católica

Antiphonarium Romanum de Tempore et Sanctis, ad normam Breuiarii ex decreto sacrosancti Concilii Tridentini restituti, S. Pii V. Pontificis Maximi issu editi, Clementis VIII. ac Urbani VIII auctoritate recogniti.

Livro impresso com notação musical. Frontispício. e texto impresso a vermelho e preto. Notação musical quadrada a preto sobre tetragrama vermelho. Publicação: Venetiis [Veneza], MDCCXLVI [1746]: ex Typographia Balleoniana. Marca tipográfica no rosto: Águia bicéfala coroada, na base as iniciais BA, assinada "Zanchi In. [et] Suor Isabella Piccini scl. Este livro contém as seguintes partes: Antiphonarium Proprium Sanctorum – 341 p.; Commune Sanctorum In Natali Apostolorum, & Euangelistarum ad vesperas, Anthiphona - i p.; Officia Sanctorum – lxi p.; Antiphonarium De Sanctis– 1 p.

Paolo Baglioni (1632-1716), impressor, Antonio Zanchi (1631-1722), gravador e Isabella Piccini (1644-1734), gravadora.

O Antiphonarium De Sanctis tem o seguinte título: Antiphonarium De Sanctis trium ordinum Sancti Patris Francisci ad normam Breviarii Romani ex Decreto Sacrosancti Concilii Tridentini restituti, S. Pii V Pontificis maximi jussu editi, Clementis VIII. ac Urbani VIII. auctoritate recogniti. In quo, aliás, nunc postremó additae sunt Antiphonae, quae nuperrimè per Summos Pontifices eidem Ordini fuere concessae. Publicado: Venetiis [Veneza], MDCCXXX [1730], ex Typographia Balleoniana. Frontispício e texto impresso a vermelho e preto. Notação musical quadrada a preto sobre tetragrama vermelho.

Igreja Católica

Responsorios p.ª as Matinas do Santisimo Natal em Canto Uniforme, figurado, e de Orgão

Partitura geral das Matinas do Natal. Divide-se nos seguintes andamentos: 1º Nocturno - Responsório 1º “Hodie nobis” (Magestoso), “Gaudet chorus” (Alegre) para Coro e órgão; Verso a Duo “Gloria Patris” (Largo com movimento) para 2 sopranos e órgão (flautado); Responsório 2º “Hodie nobis” (Justo), “Hodie per totum mundum” (Alegre) para Coro e Órgão; Verso Solo “hodie il luxis” (Largo hu' pouco) para Soprano e órgão (flautado); Responsório 3º “Quem vidistis” (Andante), “Natum vidimus” (Alegre) para Coro e órgão; Verso a Duo “Dicite quid” (Largo), “Gloria Patris” (Largo) para 2 sopranos e órgão; 2º Nocturno - Responsório 4º “Ó Magnum”, (Moderato), “Beata virgo” (Andante) para Coro e órgão; Verso a Duo “Ave Maria” (Andante) para 2 sopranos e órgão; Responsório 5º “Beata Dei genitrix” (Andante), “Hodie genuit” (Andante) para Coro e órgão; Verso Solo “Beata quae credidit” (Andante) para Baixo e órgão (flautado); Responsório 6º “Sancta et imaculata” (Magestoso), “Quia quem caeli” (Andante) para Coro e órgão; Verso a Duo “Benedicta tu”(Largo), “Gloria Patri” (Andante) para 2 sopranos e órgão; 3º Nocturno - Responsório 7º “Beata viscera” (Andante), “Qui hodie” (Allegro) para Coro e órgão; Verso a Solo “Dies Sancti” (Andante); Responsório 8º “Verbum caro” (Moderato), “Et vidimus gloriam” (Allegro) para Coro e órgão; Verso Solo “Omnia per Ipsum” (Andante) para Soprano e órgão; Verso a Duo “Gloria Patri” (Largo) para 2 sopranos e órgão (flautado); Invitatorio “Christus natus nobis” (Moderato e Andante).

Francisco da Cunha Teles e Meneses

Introduções e Replicas dos Responsorios de N.ª S.ª aos Ceus, Assmpta

Partitura geral (Soprano, Alto, Tenor, Baixo e Órgão) dos Responsórios da Solenidade de Nossa Senhora da Assunção. Divide-se nos seguintes andamentos: 1º Nocturno - Responsório 1º a 4 “Vidi speciosam” (Magestoso), “Et Sicut” (Andante), Verso a Solo na outra partitura; Responsório 2º “Sicut cedrus” (Magestoso), Verso Duo na outra partitura; Responsório 3º “Quae est ista” (Justo), Verso noutra partitura; Responsório 4º “Ornatam morilibus” (Justo), “Et videntes” (Andante), Verso na outra partitura; Responsório 5º “Beatam medicent” (Justo), “Quia fecit” (Andante), Verso na outra partitura; Responsório 6º “Beata es Virgo Maria” (Justo), “Genu isti” (Andante), Verso na outra partitura; Responsório 7º “Diffusa est gratias” (Justo), “Proterca benedixit” (Andante), Verso na outra partitura; Responsório 8º “Beata es Virgo” (Justo), “Intercede pro nobis” (Andante), Verso subido, “Intercede pro nobis” (Andante).

Francisco da Cunha Teles e Meneses

Resultados 691 a 700 de 741