Mostrar 311 resultados

Descrição arquivística
Irmandade do Santíssimo Sacramento da Igreja de Nossa Senhora da Encarnação Documento composto
Previsualizar a impressão Ver:

Receita da Irmandade do Santíssimo Sacramento da Paroquial de Nossa Senhora da Encarnação

Registos da receita f. 1-68 e os termos de encerramento e quitação f. 70 (1804-02-03). Possui ainda um índice solto no início, com o título de “Index dos titulos do L:º da Receita N.º 17”. Os últimos registos, referentes a 1803, só têm assinatura do Escrivão. Tesoureiro: Francisco António Colffs. Escrivão: José Coelho Guimarães.

Receita da Irmandade do Santíssimo Sacramento da Paroquial de Nossa Senhora da Encarnação

Registos da receita f. 2-70. Inclui uma “Relação dos conhecimentos assignados pelo velho thezoureiro Francisco Antº Colffs e que delles se não faz menção na sua receita ou Conta” f. 71. Possui ainda um índice no final, a seguir a f. 72, com um marcador com indicação “INDE” e o termo de encerramento das contas f. 70 v.º- 72 (1806-05-29), com requerimento do tesoureiro dizendo que não podia pagar a dívida à Irmandade com o respectivo Despacho da Mesa. Tesoureiro: Cipriano Rodrigues de Oliveira. Escrivão: Manuel Ribeiro Guimarães.

Despesa da Irmandade do Santíssimo Sacramento da Paroquial de Nossa Senhora da Encarnação

Despesas realizadas com as várias testamentarias. Apresenta os registos da despesa da Irmandade relativa ao ano económico de 1769/1770 f. 1 a 13, o resumo da despesa de 1769/1770 f. 14-15, a despesa da Irmandade do ano de 1770/1771 f. 19 a 28 e resumo da despesa de 1770/1771 f. 30-31. Tesoureiro: Tomás de Aquino Tavares. Escrivão: Nuno Prestes da Silva; Henrique José de Sequeira.

Despesa da Irmandade do Santíssimo Sacramento da Paroquial de Nossa Senhora da Encarnação

Registos organizados cronologicamente, mas não separados por anos económicos. Contém os registos da despesa da Irmandade f. 1-62 e resumo total da despesa f. 66. Tesoureiro: Tomás de Aquino Tavares. Escrivão: Henrique José de Sequeira.

Receita e despesa da administração dos bens de nosso irmão Marcos da Silva, e sua mulher Maria da Conceição

Organizado por anos económicos de 1760/1761 a 1762/1763, apresentando primeiro a receita e resumo da mesma, depois a despesa e seu resumo e termo de encerramento da conta relativa ao ano económico respectivo. Contém os registos da receita relativos a rendas de casas e lojas nos f. 1-13, 25-37 e 45-57 e resumos da receita f. 19, 22, 42 e 62; os registos da despesa relativos aos capelães das capelas ambulatórias instituídas pelos testadores, esmolas a pobres e obras nas casas nos f. 16-18, 38-41, 58-61, com resumos f. 20, 23, 43 e 63. Possui termo de abertura, mas não o de encerramento. Testador: Marcos da Silva e sua mulher Maria da Conceição. Tesoureiro: Filipe de Santiago Ribeiro; Francisco Padrão. Escrivão: Nuno Prestes da Silva.

Testamento com que faleceu Maria Barbosa e seu marido Francisco de Sequeira, instituindo uma capela de missa quotidiana

Certidão dos Autos da Conta do testamento de Francisco de Sequeira de que dá conta sua mulher, Maria Barbosa e o testamento de mão comum, datado de 1720-12-30. Testadores: Maria Barbosa e seu marido Francisco de Sequeira.

Capela do Padre Manuel Sousa Caldeira

Certidões anuais das missas celebradas pelos capelães da Capela instituída pelo Padre Manuel Sousa Caldeira, os pagamentos efectuados pela Irmandade do Santíssimo Sacramento como administradora da Capela e certidões do cumprimento e obrigação da Capela, emitidas pelo Provedor dos Órfãos e Capelas. Testador: Padre Manuel Sousa Caldeira. Capelão: Padre Francisco Pedro de Abreu.

Termos que hão-de assinar os capelães das quatro capelas do nosso irmão Nicolau Pereira

Transcrição do Acórdão celebrado a 29 de Abril de 1748, entre a Mesa da Irmandade do Santíssimo Sacramento e a viúva do irmão Nicolau Pereira, D. Teresa dos Reis, em que se aceitava a administração e provimento de quatro Capelas instituídas no seu testamento por Nicolau Pereira nos f. 1 a 3. Inclui ainda os termos de provimento dos capelães e o termo de aceitação da serventia de uma das capelas f. 11-12. Apresenta a receita e despesa relativas às capelas instituídas f. 27-38, respeitantes aos anos de 1748/1749: receita f. 27-28, despesa f. 29-31, resumo da receita e despesa f. 31 v.º e o encerramento f. 32; e de 1749/1750 - receita f. 34-37, despesa f. 37 v.º-38 e o resumo da receita e despesa f. 38 v.º. Testador: Nicolau Pereira. Escrivão: António Rodrigues; Mateus Francisco Padrão.

Livro das quatro capelas que instituiu Nicolau Pereira

Assentos das certidões anuais das missas pela Alma do testador e seus pais, no Mosteiro da Penha Longa e Mosteiro de Santa Clara, em Lisboa e das outras obrigações das Capelas instituídas por Nicolau Pereira, como sejam o acompanhamento do Santíssimo aos enfermos e ajuda ao pároco nas confissões. O livro não possui termos de abertura e de encerramento. Testador: Nicolau Pereira. Capelão: Fr. Alexandre de Santa Ana (do Real Mosteiro da Penha Longa); Luís de Santa Ana Xavier.

Despesa com a obra da Igreja Paroquial de Nossa Senhora da Encarnação, feita pela Comissão nomeada

Registo das despesas realizadas com a obra de reconstrução da Igreja de Nossa Senhora da Encarnação, organizados à semana, apresentando cada folha de obra os seguintes elementos, dispostos em colunas: ano, mês e dia, número e semana, a descrição de cada um dos pagamentos realizados, o valor pago para cada tipo e quantia total paga na semana. Os pagamentos referem-se a despesas realizadas com os salários de pedreiros, carpinteiros, canteiros, trabalhadores e arquitecto e com a despesa dos materiais empregues: cal, areia, pedra, madeiras, ferragens, tijolos, telhas e outros. Nas folhas 17 e 18 apresenta uma nota das quantias de papel moeda despendidas segundo as folhas de despesa, entre Janeiro de 1820 e 5 de Dezembro de 1824.

Resultados 61 a 70 de 311