Mostrar 228 resultados

Descrição arquivística
Irmandade dos Clérigos do Porto Documento composto
Previsualizar a impressão Ver:

218 resultados com objetos digitais Mostrar resultados com objetos digitais

[Empréstimo concedido a Frutuoso António]

Brochura constituída por documentação relativa a um empréstimo concedido a Frutuoso António. Para tal, o suplicante hipotecou uma terra lavradia e umas casas sitas no Lugar de Azevedo, Freguesia de Santa Maria da Campanhã.

Alguns elementos identificativos do suplicante:
Frutuoso António – casado com Maria Martins.

[Cedência de crédito e de direito hipotecário à Irmandade por Gaspar Lucas de Almeida]

Maço constituído por documentação relativa a uma cedência de crédito e de direito hipotecário, à Irmandade dos Clérigos do Porto, no âmbito de um empréstimo efectuado por Gaspar Lucas de Almeida a Salvador Tavares.

Alguns elementos identificativos dos indivíduos mencionados anteriormente:
Gaspar Lucas de Almeida – negociante, casado e morador na Rua da Constituição, Porto;
Salvador Tavares – proprietário, casado com Dona Albina Ferreira dos Santos e morador na Rua do Costa Cabral, Freguesia de Paranhos, Porto.

[Empréstimo concedido a João Bernardo Malafaia]

Maço constituído por documentação relativa a um empréstimo concedido a João Bernardo Malafaia. Para tal, o suplicante hipotecou umas casas sitas na Rua de Santa Ana.

Alguns elementos identificativos do suplicante:
João Bernardo Malafaia – negociante no Porto e assistente na Rua de Santa Ana, Freguesia da Sé.

[Empréstimo concedido a José António Pinto, a Joana Rosa Botelha, a Maria do Carmo e a António José de Araújo]

Brochura constituída por documentação relativa a um empréstimo concedido a José António Pinto, a Joana Rosa Botelha, a Dona Maria do Carmo e a António José de Araújo. Para tal, os suplicantes hipotecaram uma morada de casas sita no Corpo da Guarda, Freguesia da Sé.

Alguns elementos identificativos dos suplicantes:
José António Pinto – mestre carpinteiro;
Joana Rosa Botelha – casada com José António Pinto;
Maria do Carmo – filha de José António Pinto e Joana Rosa Botelha;
António José de Araújo – casado com Dona Maria do Carmo.

[Empréstimo concedido a José Joaquim de Almeida Coutinho]

Maço constituído por documentação relativa a um empréstimo concedido a José Joaquim de Almeida Coutinho. Para tal, o suplicante hipotecou uma morada de casas sita na Rua dos Lavadouros e umas propriedades localizadas no Lugar de Moledo, Freguesia de Penajoia, Termo de Lamego (casas e vinhas).

Alguns elementos identificativos do suplicante:
José Joaquim de Almeida Coutinho – morador na Rua dos Lavadouros.

[Empréstimo concedido a José Pinto da Silva/ Diogo Maria de Gouveia Pinto]

Maço constituído por documentação relativa à venda de propriedades penhoradas, no âmbito de um empréstimo, por requerimento da Irmandade dos Clérigos do Porto. Em causa, a venda de duas moradas de casas, sitas na Rua de Cedofeita, por José Pinto da Silva – contraente do empréstimo e devedor da Irmandade – a Diogo Maria de Gouveia Pinto.

[Empréstimo concedido a Francisco José da Silva]

Maço constituído por documentação relativa a um empréstimo concedido a Francisco José da Silva. Para tal, o suplicante hipotecou umas propriedades sitas na Rua do Welesley e quatro moradas de casas, que confrontavam com a Rua de Santo Ildefonso e com a Rua de Santo André.

Alguns elementos identificativos do suplicante:
Francisco José da Silva – casado com Blandina ou Ulandina de Jesus e morador na Rua do Welesley, Freguesia do Bonfim, Porto.

[Empréstimo concedido a José Correia e a Rita de Jesus]

Maço constituído por documentação relativa a um empréstimo concedido a José Correia e a Rita de Jesus. Para tal, os suplicantes hipotecaram duas moradas de casas sitas na Rua Serpa Pinto, Freguesia de Cedofeita.
Estes papéis foram acumulados no âmbito de uma execução hipotecária movida pela Irmandade contra a outra parte.

Alguns elementos identificativos dos suplicantes:
José Correia – fabricante e morador na Travessa da Bouça;
Rita de Jesus – casada com José Correia e moradora na Rua de Salgueiros.

[Empréstimo concedido a José Gonçalves e a Teresa Maria]

Maço constituído por documentação relativa a um empréstimo concedido a José Gonçalves e a Teresa Maria. Para tal, os suplicantes hipotecaram umas casas sitas na Travessa da Rua da Bela Princesa.

Alguns elementos identificativos dos suplicantes:
José Gonçalves – assistente na Rua da Bela Princesa, Freguesia de Santo Ildefonso;
Teresa Maria – casada com José Gonçalves e assistente na Rua da Bela Princesa, Freguesia de Santo Ildefonso.

Resultados 51 a 60 de 228