Mostrar 183 resultados

Descrição arquivística
Subsecção Português
Previsualizar a impressão Ver:

Consultor jurídico do Conselho de Nobreza

Em 1946 foi criado o Conselho de Nobreza, composto de quatro comissões: "Genealogia", "Heráldica", "Verificação de Títulos e Direitos Nobiliárquicos" e "Serviços e Des-serviços". A partir de 1948 Guilherme Braga da Cruz passou a integrar o Conselho de Nobreza como único consultor jurídico das quatro referidas comissões, tendo redigido pareceres jurídicos em ordem à boa titulação e representação de títulos e direitos nobiliárquicos, bem como respondendo a consultas privadas.

Conta particular do Tesoureiro Colffs

Falecendo o tesoureiro da Irmandade, Francisco António Colffs, sem ter prestado contas dos anos em que exerceu o cargo e deixando os livros de receita e despesa da Irmandade muito incompletos, o seu herdeiro e representante, o então Procurador Geral da Irmandade, José Coelho Guimarães, entregou diversos livros particulares pertencentes ao antigo tesoureiro para se proceder ao acerto de contas: “Forão apresentadas as Contas do antigo tesoureiro, o Nosso irmão Colffs em dois livros da receita e uma de despesa, além de outro também de despesa da obra, isto é, livros particulares seus ...” (Acta de Mesa de 14 de Novembro de 1803). Deste conjunto resultaram então três séries de livros: da receita, da despesa e da despesa feita com a obra da Igreja, todos eles do período entre 1790 e 1803, em que Francisco António Colffs exercera o cargo de tesoureiro da Irmandade do Santíssimo Sacramento.

Contactos e relacionamento social

Documentação referente às interacções e relações sociais, de carácter deal, estabelecidas entre António Lino Neto e diversas entidades, tanto pessoas singulares como colectivas. Integra sobretudo correspondência recebida por Lino Neto, no âmbito da sua actuação em diferenciadas redes sociais, religiosas e políticas. Os diversos interlocutores expõem, na primeira pessoa ou em nome colectivo, factos, interesses, problemas, conflitos ou ansiedades de natureza pessoal, familiar, profissional e institucional; solicitam o apoio, o auxílio, a presença ou a colaboração do destinatário; partilham informação sobre projectos e trabalhos desenvolvidos; emitem mensagens de felicitação, agradecimentos e votos diversos. Nestes fluxos comunicacionais sublinham-se também as informações sobre os seguintes aspectos: o posicionamento de Lino Neto nas supramencionadas redes; os níveis da sua influência e reconhecimento social; as relações de solidariedade e amizade estabelecidas; os processos de interacção social entre indivíduos e grupos; as práticas institucionais vigentes.

Contencioso

Subsecção composta por documentação referente a questões de conflito jurídico e passíveis de tramitação nas instâncias judiciais, abrangendo as áreas laboral, cível e penal.

Cáritas Portuguesa

Cooperador do Opus Dei

Embora não tenha pertencido institucionalmente ao Opus Dei, Guilherme Braga da Cruz foi seu cooperador, contribuindo material e espiritualmente com as iniciativas apostólicas do Opus Dei, vendo nas suas atividades caminhos de santificação.

Cooperação Internacional

A criação do departamento de Cooperação Internacional da Cáritas Portuguesa iniciou-se nos finais da década de 1990, decorrente da crescente participação de elementos da instituição em diversos congressos internacionais e em campanhas de financiamento internacional, na maioria das vezes com fundos da União Europeia. Até então, as funções de acompanhamento de projetos internacionais estavam a cargo do Presidente da Cáritas ou alguém nomeado pela instituição. Com o aumento e diversificação de eventos – quer de promoção de financiamento, quer de colóquios cujo tema fosse a Cooperação Internacional – levou à necessidade de criação deste departamento, que coordena e representa a instituição em diversos projetos. A subsecção contém documentação relativa a: congressos nacionais e internacionais; visitas ou delegações de entidades congéneres (Secours Catholique, Caritas Alemã, ONG's); participação em reuniões de Caritas Espanha, Caritas Europa e Internacionalis, Caritas Brasil; gestão de pedidos de ajuda.

Cáritas Portuguesa

Cooperação para o desenvolvimento

Subsecção composta por documentação produzida no curso de programas de cooperação para o desenvolvidos de antigas colónias portuguesas, casos de Timor, Guiné Bissau ou Cabo Verde. Os projetos contêm vertentes educativas, sociais e económicas, assim como a promoção de criação de pequenas empresas.

Cáritas Portuguesa

Corpos sociais

Subsecção composta por documentação referente à composição e à atuação dos corpos sociais da Cáritas Portuguesa ao longo do tempo. Os sucessivos estatutos configuraram distintos órgãos sociais, dotados de competências distintas entre si: Conselho Geral (estatutos de 1956), Assembleia Geral (1976), Conselho Geral (2000), Comissão Permanente da Assembleia Geral (1976), Comissão Permanente (2000), Comissão Central (1956), Direção Nacional (1976). Na conjuntura pós-1974, foram formados órgãos temporários: Direção Interina e Comissão Instaladora. Não existe documentação emanada dos órgãos sociais previstos nos estatutos de 1946.

Cáritas Portuguesa

Correspondente de imprensa – Catholic Times

Documentos relativos à atividade profissional de Susan Lowndes como correspondente de imprensa do “Catholic Times”. Este jornal foi editado em Londres entre 18 de agosto de 1933 e 1 de junho de 1962.

Correspondente de imprensa – Mary Today

Conjunto documental relativo à atividade profissional de Susan Lowndes, como correspondente de imprensa da revista “Mary Today”. A Revista “Mary Today” tinha a periodicidade bimensal e era publicada com autorização eclesiástica pela Biblioteca Mariana da Universidade de Dayton, no Estado americano de Ohio.

Resultados 51 a 60 de 183