Previsualizar a impressão Fechar

Mostrar 25744 resultados

Descrição arquivística
Documento simples
Previsualizar a impressão Ver:

931 resultados com objetos digitais Mostrar resultados com objetos digitais

[Apólices da Companhia Geral da Agricultura das Vinhas do Alto Douro]

Apólices de acções da Companhia Geral da Agricultura das Vinhas do Alto Douro impressas a nível de formulário e com preenchimento manuscrito, com vários carimbos de números (relativos a anos) e de pagamentos de prestações das mesmas. Junto às apólices existem anotações manuscritas, assinadas sobre a transmissão de posse das acções das apólices indicando-se, em determinados anos a pertença à Irmandade dos Clérigos.

Tiple

Parte vocal do Tiple (Soprano) Solo das Paixões de Domingo de Ramos [1-14] fls., e de Sexta-feira Santa [15-23] fls., de compositor anónimo.

Orgão para os Cheios Só

Parte instrumental do Órgão "para os Cheios Só" das Matinas de Natal. Divide-se nos seguintes andamentos: Invitatório "Christus natu est nobis" (Largo e Allegro); Hino Jesu Redemptor; 1º Nocturno - Responsório 1º "Hodie nobis" (Moderato), "Gaudet exercitus angelorum" (Presto e Presto), Verso Duo "Gloria Patri" (TACET); Responsório 2º Verso Duo "Hodie illuxit nobis" (TACET), "Hodie per to tum mundum" (Non tanto allegro), Responsório 3º Verso Duo "Que vidistis Pastores" (TACET), "Dicite annuntiate nobis" (TACET), Pastorela "Natum vidimus" (Moderato non Allegro), Verso Duo "Dicite" (TACET), "Quid non vidistis" (TACET), "Dicite" (TACET), "Quid na vidistis" (TACET), "Et annuntiate" (TACET), "Natum vidimis" (TACET), “Dicite Pastores" (TACET), Pastorella "Natum vidimus" (Moderato); 2º Nocturno - Responsório 4º "Ó Magnum" (Moderato), "Ja centem presepio" (Piu tosto Adagio), "Beata virgo" (Allegro), "Ave Maria" (Allegro); Responsório 5º Verso Solo "Beata qua credidit" (TACET), Pastorella "Hodie genuit Salvato" (Poco Allegro); Responsório 6º "Sancta et inmaculata" (TACET), "Quia quam" (Fugatto), "Gloria Patri" (TACET); 3º Nocturno - Responsório 7º Verso Duo "Beata viscera" (TACET), Pastorella"Qui hodie" (Larghetto), Verso Duo "Dies Sanctificatus" (TACET), "Qui hodie" (TACET); Responsório 8º Pastorella "Verbum caro factum" (Larghetto), "Et vidimus gloriam" (Allegro), Verso Duo "Gloria Patri" (TACET), Pastorella "Et vidimus" (Allegro).

Órgão

Divide-se nos seguintes andamentos: Invitatorio “Maternitatem beata Mariae” (Adagio), “Materinatem Beata Mariae” (Allegreto), Hymno, principia o Coro – 2º “Hoc virgo nobis”, 4º “Voces Parentis”; 1º Nocturno - 1º Responsório “Felix es sacra virgo Maria” (Andante moderato), “Ex qua hortus” (Allegro), 2º Responsório “Sine tactu pudores” (Andante com motto), “Quicae lumteram” (Allegreto), Verso Solo “Benedicta tu” (Adagio non tropo), 3º Responsório “Multae filiae” (Allegreto), “Speciosa facta es” (Allegro), “Senti ant omnes” (Adagio), “Gloria Patri” (Adagio); 2º Nocturno - 4º Responsório “Gloriosae Virginis Maria” (Andante moderato), “Cujus Dominum” (Allegro), 5º Responsório “Benedicta Filia tu” (Andante con motto), “Sola sine ex” (Allegreto), Verso Duo “Nostras deprecati” (Adagio), 6º Responsório “Benedicta in ter mulieres” (Andante moderato), “Um de hoc mihi” (Allegreto), “Respexit humilitatem” (Andante moderato), “et fecit Mihi” (Allegreto) e “Gloria Patri” (Adagio), 3º Nocturno - 7º Responsório “Beata es virgo Maria” (Andante con motto), “Proptere a benedixit te Deus” (Allegro), Verso Solo “Difusa es gratias” (Adagio), “Intercede pro nobis” (Andantino), Gloria do 8º Responsório “Gloria Patri” (Adagio non tanto).

Missas da Irmandade dos Clerigos para a Mizericordia

Livro do rol das missas celebradas na Santa Casa da Misericórdia do Porto, pelas almas dos Irmãos falecidos da Irmandade dos Clérigos do Porto.
Esta fonte contém os róis de missas por sete Irmãos dos Clérigos do Porto, com as respectivas certidões passadas por António Pinheiro da Fonseca, Sacristão-Mor da Santa Casa da Misericórdia do Porto. O último rol de missas encontra-se incompleto, pois apenas existem registos até à missa n.º 135 e não contém certidão do Sacristão-Mor.
A fl. 1v. encontra-se um termo explicativo da forma como as missas devem ser aplicadas, juntamente com a cópia do § 1.º, capítulo 8.º dos Estatutos da Irmandade dos Clérigos do Porto. Este termo foi redigido pelo Secretário da Irmandade, João Vieira Gomes de Carvalho, em 17 de Dezembro de 1802.
Esta fonte contém termo de abertura (fl. 1) e termo de encerramento (fl. 18v.).

Actas da Meza 1826-1849

A fls. 45 e 46 encontra-se um índice, relativo às actas e deliberações da Mesa registadas até ao fl. 26v.
Este livro contém termo de abertura (fl. 1) e termo de encerramento (fl. 46v.).

Resultados 31 a 40 de 25744