Previsualizar a impressão Fechar

Mostrar 25744 resultados

Descrição arquivística
Documento simples
Previsualizar a impressão Ver:

931 resultados com objetos digitais Mostrar resultados com objetos digitais

Tiple

Parte vocal do Tiple (Soprano) das Paixões de Domingo de Ramos, [1-11] fls., e de Sexta-feira Santa, [12-21] fls., de compositor anónimo.

[Órgão]

Parte instrumental do Órgão do Gradual. Divide-se nos seguintes andamentos: “Allelluia” (Justo); Verso Duo para 2 sopranos “Dominus dixit ad me” (Andante). Neste documento há uma nova partitura colada sobre o documento original.

Copiador

O teor de alguma da correspondência trocada com as autoridades administrativas é relativa a contas e orçamentos, pelo que neste livro encontram-se contas de receita e despesa relativas aos anos económicos de 1849- 1850, 1850-1851, 1851-1852, 1852-1853, 1853-1854 (fls. 78v. a 83), 1859-1860 (fls. 94-94v.) e 1860-1861 (fls. 97v. a 98).
Conforme o cap. 16, § 6.º, fl. 45, dos Estatutos de 1782, o Secretário deveria redigir um livro «(...) das Memorias Estoricas da irmandade, [onde] escreverá os cazos, e funsoens memoraveis, que por qualquer principio respeitem á Irmandade (...)». Embora não tenhamos comprovativo de que se trata do presente livro, esta serve claramente o propósito de registar momentos importantes da vida da Irmandade, tal como referido no fl. 11: «(...) de que fiz este que assignou o dito Senhor Prezidente comigo Secretario no Livro Copiador, e registro para memoria do futuro (...)». Entre estas notícias encontram-se referências da chegada do sino dedicado à Assunção de Nossa senhora; a notícia do que se executou para aprovação e publicação dos novos estatutos em 1767; a lembrança de protestos realizados por Irmãos; notícias relacionadas o Bispo do Porto, tal como a sua eleição, chegada à cidade e falecimento; festejos do nascimento da Infanta Dona Maria Ana Vitória de Bragança, entre outras.
Este livro contém termo de abertura (fl. 1) e termo de encerramento (fl. 248v.).

Obras 1749

A fl. 1 encontra-se um inventário de ferramentas encomendadas em Janeiro de 1759, para a realização de obras.
Esta fonte contém termo de encerramento (fl. 197v.).

Termos dos Definitorios

Livro constituído por um índice (fólios 88 a 90v) e por termos de decisões tomadas nas sessões dos Definitórios da Irmandade dos Clérigos do Porto.
Esta fonte contém termos de abertura (fólio inicial) e encerramento (fólio 92v).

Estatutos da Irmandade

Estatutos manuscritos aprovados em Definitório de 1782-07-19, em Junta Geral de 1782-07-23 e confirmados pelo Bispo do Porto em 1782-08-07.
O presente livro é constituído por uma dedicatória e uma prefação dos Estatutos; por um índice (fólios 4 a 7v); por 39 capítulos e por registos de reformas e deliberações, tomadas em Junta Geral, de 1788, 1802, 1807, 1811 e 1815. Os capítulos regulam os seguintes aspectos do funcionamento da Irmandade: «Das pesoas, que na Irmandade devem ser admitidas, e suas qualidades.» (Capítulo 1); «Das informasoens, admisam, juramento, e termo na entrada dos Irmãos» (Capítulo 2); «Da esmola dos Pertendentes na sua entrada.» (Capítulo 3); «Das obrigasoens de todos os Irmaos» (Capítulo 4); «Da asistencia, e vizita dos Enfermos» (Capítulo 5); «Dos enterros, e sua formalidade» (Capítulo 6); «Dos Oficios, e Aniversario.» (Capítulo 7); «Das Misas, e sua aplicasam» (Capítulo 8); «Do procedimento, e uniam dos Irmãos.» (Capítulo 9); «Dos Irmaos pobres, e dos Clerigos pobres que nam forem Irmãos» (Capítulo 10); «Das Festividades.» (Capítulo 11); «Do despacho geral» (Capítulo 12); «Da eleisam do Reverendo Prezidente, e mais Oficiaes para o bom regimen da Irmandade.» (Capítulo 13); «Da eleisam do Excelentissimo Prelado deste Bispado» (Capítulo 14); «Do Reverendo Prezidente» (Capítulo 15); «Do Secretario» (Capítulo 16); «Do Ex Secretario» (Capítulo 17); «Dos Deputados» (Capítulo 18); «Do Fiscal.» (Capítulo 19); «Do Tezoureiro da Irmandade» (Capítulo 20); «Dos Procuradores» (Capítulo 21); «Do Tezoureiro da Igreija» (Capítulo 22); «Do Mestre das Ceremonias da Irmandade» (Capítulo 23); «Do Zeladores» (Capítulo 24); «Dos Serventes» (Capítulo 25); «Das Mezas, Definitorios, e Juntas geraes» (Capítulo 26); «Das contas com entrega, e juramento dos novos Vogaes da Meza.» (Capítulo 27); «Da Capela de Nosa Senhora da Lapa» (Capítulo 28); «Do Ospital» (Capítulo 29); «Das Sepulturas» (Capítulo 30); «Da Secretaria, e seus livros» (Capítulo 31); «Do cofre» (Capítulo 32); «Das eransas, testamentarias, e legados» (Capítulo 33); «Dos Irmaos compostos» (Capítulo 34); «Dos Abzentes» (Capítulo 35); «Dos que regeitam os encargos da Irmandade» (Capítulo 36); «Dos Multados, e suas escuzas» (Capítulo 37); «Dos expulsos, e riscados da Irmandade» (Capítulo 38) e «Do fundo desta Irmandade» (Capítulo 39).
Esta fonte contém termos de abertura (fólio 94v) e encerramento (fólios 87v, 94v e 127v).

[Mapa dos Irmãos 1835/1836]

Esta unidade de informação, produzida no ano económico de 1835/ 1836, apresenta ainda os resultados das eleições para o desempenho de cargos administrativos na Irmandade, nos anos económicos de 1835/ 1836 e 1836/ 1837.

Resultados 21 a 30 de 25744