Mostrar 311 resultados

Descrição arquivística
Irmandade do Santíssimo Sacramento da Igreja de Nossa Senhora da Encarnação Documento composto
Previsualizar a impressão Ver:

Inventário da Irmandade do Santíssimo Sacramento da Paroquial Igreja de Nossa Senhora da Encarnação, feito pelo procurador de Mesa

Registam-se a prata, paramentos, frontais, pavilhões, imagens, alfaias que servem ao culto, objectos de latão, mobília, loiça e livros e, no final, possui um suplemento com acrescentos ao inventário (f. 1 a 9). Apresenta também um inventário dos objectos a cargo do Tesoureiro da Igreja: prata, latão e paramentos, que estavam registados também no inventário geral, descrito atrás (f. 9); o inventário dos objectos a cargo do Andador (f. 10); das inscrições e mais títulos de juro, próprios e hipotecados à Irmandade que se achavam no cofre e das quais a nova mesa tomou conta em 2 de Junho de 1857 (f. 10 v.º - 11 v.º); das inscrições, títulos de dívida distratada pela Lei de 12 de Agosto de 1853; dos Títulos de dívida da Câmara Municipal de Lisboa, Apólice da Companhia do Grão Pará e Maranhão, Padrão de Capital e um Alvará em que o Rei faz mercê à Irmandade de 4 arrobas de cera (1758-08-21). Apresenta igualmente o assento das propriedades da Irmandade (f. 12-12 v.º); o Inventário dos papéis e documentos existentes no Cartório da Irmandade (f. 13-35), uma advertência (f. 36) e assentam-se diversas observações e notas feitas por ocasião da posse da Comissão Administrativa em Janeiro de 1858 (f. 36-37). Fazem-se ainda alterações e adições ao inventário (nos f. 37 e seguintes), com acrescentos de castiçais, prata e quadros da Sacristia.

Inventário de todas as alfaias, que pertencem à Irmandade do Santíssimo Sacramento da Paroquial Igreja de Nossa Senhora da Encarnação. Onde existem e a cargo de quem estão

A informação encontra-se organizada por localização - sala ou corredor, armários e prateleiras, indicando: quantidade, descrição dos paramentos ou alfaias, características, cores e observações (ex.: falta, usado, novo, para acompanhar o Santíssimo, no trono, no cemitério, com guarnição de ouro fino, etc.). Apresenta descrição dos objectos a cargo do irmão procurador da Mesa, do fabriqueiro, do tesoureiro, do andador e do escrivão da Mesa e localizados na Casa dos Armários, na Casa da Cera, no corredor, Casa da Fábrica e na Igreja. Possui uma anotação na primeira folha: “Em 22 de Fever.º de 1830 tomei posse do cargo de Procurador da Mesa da Irmand.e do SS. Sacram.to da Freg.ª de N. S. da Encarnação e nesto caderno estão assentes todas as Alfaias pertencentes a d.ª Irmand.e com as faltas q apontei nos seus competentes lugares”. Não possui termos de abertura e de encerramento. Consultar também Cartório - Diferentes objectos, Maço 1, n.º 23 (ref.ª PT-INSE-ISSIE/CT/04-01).

Inquilinos

Processos de correspondência com inquilinos das propriedades da Irmandade do Santíssimo Sacramento: Henrique Manuel Serra Lopes (1993), Rosa Adelino, L.da (1952-1958), José Pimenta e Laurinda Duarte da Costa (1958-1996), José Fernandes Martins e esposa (1979-1980), José Maria da Silva (1952), Ventura Ledesma Abrantes (1950 e 1969), António Gonçalves Calçada (1991-1996) e António Costa (1955-1994).

Propriedades

Diversos documentos refentes às propriedades de casas da Irmandade do Santíssimo Sacramento: 1) Certidão do auto de arrematação em hasta pública do prédio que foi da Real Irmandade do Santíssimo Sacramento da Freguesia da Encarnação pela firma Mariano Irmãos em 1886-10-21, referindo-se à propriedade contígua à Igreja de Nossa Senhora da Encarnação, ficando o arrematante obrigado a manter a serventia para a Sacristia e oficinas da Igreja pela porta do prédio arrematado (1887-02-04 - 1887-03-17). 2) Certidão da Sentença dos Autos Cíveis em que são autores António Mariano Goulart, sua mulher e outro sócio da firma Mariano & Irmãos e ré a Irmandade do Santíssimo Sacramento da Freguesia da Encarnação (1892-06-21). 3) Cópia do Acórdão proferido nos Autos Cíveis em que foram partes, António Mariano Goulart & Irmãos e a Irmandade do Santíssimo Sacramento da Freguesia da Encarnação (1893-08-23). 4) dois rascunhos de uma escritura pública amigável entre a Irmandade e a firma Mariano & Irmãos (sem data). 5) Certidão do recurso dos Autos Cíveis em que são autores António Mariano Goulart e outros e ré a Irmandade do Santíssimo Sacramento (1895-04-13).

Livro para registo de rendas, impostos e comparticipação de electricidade pelos inquilinos da Irmandade do Santíssimo Sacramento da Freguesia de Nossa Senhora da Encarnação

Registo do pagamento de rendas, impostos e comparticipação de electricidade pelos inquilinos da Irmandade, organizados cronologicamente e por inquilino. Contém a seguinte informação: nome do inquilino e morada no topo da folha; no lado esquerdo da folha apresenta os pagamentos a realizar pelos inquilinos, indicando a data (ano, mês e dia), a renda e o período a que diz respeito e o valor; e, nas colunas do lado direito da folha, a data (ano, mês e dia), a renda recebida e a que período respeita, referenciando o número de documento de receita e a folha do livro em que se acha registado, e o valor recebido. Por baixo da linha do pagamento da renda tem também a comparticipação da electricidade ou imposto pago pelo inquilino, indicando também as referências ao livro onde foi feito o registo da receita. No final da folha tem a referência da folha onde continua o registo do pagamento do mesmo inquilino.

Livro para registo de rendas, impostos e comparticipação de electricidade pelos inquilinos da Irmandade do Santíssimo Sacramento da Freguesia de Nossa Senhora da Encarnação

Registo do pagamento de rendas, impostos e comparticipação de electricidade pelos inquilinos da Irmandade, organizados cronologicamente e por inquilino. O livro é sequência do anterior, continuando os registos dos inquilinos já iniciados no livro antecedente, completando cronologicamente os registos até Março de 1946. O livro possui registos até f. 154. Contém a seguinte informação: nome do inquilino e morada, no topo da folha; na folha do lado esquerdo apresenta os pagamentos a realizar pelos inquilinos, indicando a data (ano, mês e dia), a renda e o período a que diz respeito e o valor; e, nas colunas do lado direito da folha a data (ano, mês e dia), a renda recebida e a que período respeita, referenciando o número de documento de receita e a folha do livro em que se acha registado, e o valor recebido. Por baixo da linha do pagamento da renda tem também a comparticipação da electricidade ou imposto pago pelo inquilino, indicando também as referências ao livro onde foi feito o registo da receita. No final da folha tem a referência da folha onde continua o registo do pagamento do mesmo inquilino.

Estudo prévio de remodelação e ampliação dos anexos da Igreja Paroquial de Nossa Senhora da Encarnação

Remodelação e ampliação dos anexos da Igreja, dotando-a de uma residência destinada ao Sacerdote responsável pela Paróquia. Contém o estudo prévio e memória descritiva, plantas, alçados e levantamento fotográfico. Existem dois originais e uma cópia do mesmo processo.

Termos da Irmandade do Santíssimo Sacramento da Paroquial Igreja de Nossa Senhora da Encarnação

Termos de eleições dos irmãos que serão eleitores, seguidos dos termos de eleições dos membros da Mesa e mais oficiais: juiz, escrivão, tesoureiro, procurador da Mesa, procurador-geral, mordomos e conselheiros e os respectivos termos de posse. Este livro termina com a extinção da Mesa da Irmandade e com a nomeação da Comissão Administrativa, nomeada pelo Alvará do Governo Civil de Lisboa datado de 9 de Março de 1911. Possui termos de abertura e encerramento. Tesoureiro: Joaquim Pedro Parente; Fernando Tomás de Brito; Epifânio Torcato Maciel; outros. Escrivão: Marcelino Fernandes da Cruz.

Propostas de novos irmãos

Propostas de admissão de novos irmãos, segundo dois modelos diferentes: um, nas propostas datadas de 1977 e 1978, indicando, no canto superior direito da proposta, a contribuição voluntária anual ou semestral e, no requerimento, o nome, data de nascimento, estado civil, nome do cônjuge se o proponente for casado ou viúvo, profissão e morada, o texto de requerimento de admissão, pedindo deferimento, data e assinatura. Existe ainda os espaços destinados para a informação do pároco ou autoridade eclesiástica, data e assinatura e para o despacho da Mesa, indicando-se a sessão, a data e assinatura do Secretário da Irmandade. No segundo modelo, com propostas de admissão datadas de 1997, indica-se a contribuição anual, o nome, morada, data de nascimento, naturalidade, telefone e profissão, o texto do requerimento e pedido de deferimento, data, assinatura e espaço para o despacho da Mesa, que não se encontra preenchido em nenhuma das propostas. Tem junto ainda uma lista dos anuais, semestrais e mensais pagos pelos irmãos, indicando-se o nome, morada e valor pago. Não apresenta data completa, apenas o ano.

Resultados 21 a 30 de 311