Mostrar 229 resultados

Descrição arquivística
Irmandade dos Clérigos do Porto Documento composto
Previsualizar a impressão Ver:

218 resultados com objetos digitais Mostrar resultados com objetos digitais

São Fillippe Eleiçõis, receita e despeza

Os registos destes livros reflectem vários aspectos da gestão da Congregação de São Filipe Néri. O primeiro livro – «Livro da Congregaçam dos Clerigos de Sam Phelippe Neri Sita na Igreja de Sancto Antonio da Porta de Carroz Extra muros desta Cidade do Porto, que ha de Servir para os termos das Eleiçoens, e para as Contas da dicta Congregação. Anno 1686.» (fólios 1 a 191v) – contém termos de eleição (fólios 4 a 26; 1686-05-27 a 1706-05-25) e assentos das receitas e das despesas da congregação (fólios 153 a 189v; 1687-06-00 a 1707-05-30). No segundo livro – «Livro da Congregaçam dos Clerigos de Sam Phelippe Neri Sita na Igreja de Sancto Antonio da Porta de Carroz Extra muros desta Cidade do Porto, que ha de Servir para os Inventarios da fabrica, E para os termos da Entrega da dicta Congregaçam, E dos Thezoureiros della. Anno 1686.» (fólios 1 a 23) – registaram inventários da fábrica e termos de entrega da irmandade (fólios 4 a 21v; 1686-06-28 a 1707-05-30).

Congregação de São Filipe Néri

Irmandade de São Filippe Neri

Os registos destes livros reflectem vários aspectos da governação da Congregação de São Filipe Néri. O primeiro livro – «Livro da Congregação dos Clerigos de Sam Phelippe NERI Sita na Igreja de Sancto Antonio da Porta de Carros desta Cidade do Porto, em que se contem os titulos, que se seguem. Anno de 1686.» (fólios 1 a 198v) – contém assentos de composição com os ausentes (fólios 2 a 10v; 1687-06-01 a 1707-03-01), decisões administrativas relativas a obras, a mudanças da irmandade e a inovações (fólios 140 a 143v; 1688-05-27 a 1707-04-19) e termos relativos à gestão da irmandade (fólios 189 a 194v; 1686-12-05 a 1707-05-17). No segundo livro – «Livro da Congregação dos Clerigos de São Phelippe Neri Sita na Igreja de Sancto Antonio da Porta de Carros desta Cidade do Porto, Em que se Contem Os titulos, que se seguem. Anno 1686.» (fólios 1 a 226) – registaram róis de Irmãos vivos e falecidos (fólios 2 a 48v; admitidos de 1666-01-04 a 1707-04-04), termos de aceitação de Irmãos (fólios 52 a 73v; 1687-04-21 a 1707-04-18) e assentos de óbito dos membros da irmandade (fólios 213 a 226; 1686-08-01 a 1707-04-18).

Congregação de São Filipe Néri

Termos São Fillippe na Graça

Brochura constituída pelos termos das Mesas da Congregação de São Filipe Néri. Estes assentos apresentam decisões administrativas relativas à aceitação, composição e expulsão de Irmãos; à repartição em esquadras para os ofícios das almas nas primeiras segundas-feiras de cada mês; às eleições; à reforma dos Estatutos; às contas e entregas da confraria; entre outras.
Esta fonte contém índice (fólios iniciais) e termo de encerramento (fólio final).

Congregação de São Filipe Néri

Livro de recibo e despeza desta Congregação [de São Filipe Néri]. Anno de 1666. Receita e Despeza

Rendimento das entradas dos Irmãos. Despesas/gastos da Congregação (ex.: livros, papel, panos, alfaiate por feitio de ornamentos, esmolas, Coveiro), em parte dos anos com registo autónomo dos gastos com a festa de São Filipe Néri (ex.: música, armação, Pregadores, fogo/foguetes, charamelas). Rendimento/receita da Congregação (ex.: Audiências/Juntas, entradas de Irmãos, faltas). Termo de entrega de objectos da «velha» Mesa à «nova» entre 1669 e 1670 (ex.: uma cruz, uma manga de chamalote de lã, cordões, uma caixa da cruz e pão dela, Estatutos, livros). Termo de reformação da cera e termo da cera que se reduziu a dinheiro em 1683.
Com termo de abertura no fólio 1, sem termo de encerramento.

Congregação de São Filipe Néri

[Livro de Eleições da Confraria dos Clérigos de São Pedro ad Vincula]

Esta fonte contém os termos de eleição dos oficiais da Confraria de São Pedro ad Vincula e também os termos de admissão de Irmãos da mesma. No fl. 1 encontra-se o registo da eleição dos oficiais fundadores da Confraria, datado de 1654-08-01.

Confraria dos Clérigos de São Pedro ad Vincula

Livro em que se carrega o rendimento da Irmandade de São Pedro ad vincula

Livro misto pertencente à Confraria dos Clérigos de São Pedro ad Vincula, constituído por duas partes distintas.
A primeira parte, até ao fl. 7v., é composta por róis de receita da Irmandade, relativos aos anos económicos de 1659-1660, 1660-1661, 1662-1663, 1663-1664 e 1667-1668. Os róis de receita contêm a listagem das fontes de rendimento - oriundas da cobrança de multas devido a faltas dos Irmãos a ofícios, festas e celebrações; esmolas doadas à Irmandade; pagamento da jóia de entrada por parte de novos Irmãos; pagamento de anuais; composição de Irmãos; cobrança de dívidas; entre outros -, o valor recebido e a assinatura do Escrivão e Juiz da Irmandade.
A segunda parte do livro, entre os fls. 76 a 81, é composta por uma lista dos «Reverendos Irmãos de São Pedro Ad vincula», organizada pela ordem de entrada (do n.º 1 ao n.º 243); o respectivo nome de cada Irmão; assim como informações adicionais, relativas à data de falecimento, à data de admissão na Irmandade e ao afastamento da mesma (ex.: «riscado»).
A fl. 8 encontra-se um termo da sessão da Mesa e Junta Geral da Confraria de 1672-09-29, na qual foi deliberada a atribuição de uma esmola para socorrer o Padre Manuel da Silva, Irmão da confraria.
Esta fonte contém termo de encerramento (fl. 88v.).

Confraria dos Clérigos de São Pedro ad Vincula

Recibos do Medico e Cirurgião

Livro misto relativo à Enfermaria da Irmandade dos Clérigos do Porto, constituído por duas partes distintas.
A primeira parte (fls. 2 a 4) é constituída pelo registo dos recibos de pagamento aos médicos e cirurgiões que assistiram os enfermos a cargo da Irmandade. Os recibos de pagamento, relativos às datas de 1792-08-16 a 1796-08-02, contêm a indicação do nome do Enfermeiro-Mor em funções; a quantia que este pagou ao médico / cirurgião; a proveniência do pagamento (ex.: receitas para os doentes, visitas aos enfermos); nome dos doentes tratados; data e assinatura do médico ou cirurgião.
A segunda parte (fls. 4v. a 22) é constituída pelo registo da receita e despesa da Enfermaria, relativa às datas de 1803-07-28 a 1816-09-13. Os registos de receita e despesa encontram-se organizados por enfermo (ex.: «Despeza que diariamente vai fazendo o (…) Enfermeiro deste Hospital com o Nosso Irmão o Reverendo Doutor Francisco de Paula (…)» – fl. 4v) e contêm os seguintes dados: ano económico; data de entrada do doente ou deliberação da Mesa de o socorrer; nome do Enfermeiro-Mor e Secretário em funções; nome do doente; data e descrição das diversas receitas (ex.: quantia paga pelo Secretário para suportar as despesas da Enfermaria) e despesas (ex.: mantimentos, vestuário, alimentos, mobília, remédios, pagamentos de ordenados ao pessoal que auxiliava na Enfermaria, entre outros).
Este livro contém dois termos de abertura (fls. 1 e 1v) e termo de encerramento (fl. 246v).

Hospital da Irmandade dos Clérigos do Porto

Resultados 11 a 20 de 229