Previsualizar a impressão Fechar

Mostrar 1177 resultados

Descrição arquivística
Com objeto digital
Previsualizar a impressão Ver:

[Testamento de João Januário Teixeira]

Requerimento do herdeiro Egídio Teixeira Duarte ao Administrador do 1º Bairro do Porto da certidão do teor do testamento feito por João Januário Teixeira em 28 de Outubro de 1864. Aprovação do requerimento e respectiva certidão.

Mesa da Irmandade dos Clérigos do Porto

[Testamentaria de António Pereira Pena da Fonseca, Manuel da Costa Moreira e José Gomes de Sá Brandão]

Livro constituído por documentação relativa aos testamentos deixados pelo Reverendo António Pereira Pena da Fonseca (Irmão e Ex-Deputado da Irmandade; Presbítero do Hábito de São Pedro; natural da Freguesia de São Salvador de Pena Maior, Bispado do Porto, e morador na Viela dos Gatos, Freguesia da Sé), pelo Reverendo Manuel da Costa Moreira (Irmão e Ex-Deputado da Irmandade, Presbítero do Hábito de São Pedro e morador na Freguesia de Santa Marinha, Vila Nova de Gaia) e pelo Reverendo José Gomes de Sá Brandão (Irmão da Irmandade e falecido no Hospital da referida instituição em 1792-01-21).
Esta fonte contém termos de abertura (fólio 1) e encerramento (fólio 195v).

[Termos de eleição da Mesa 1863 a 1890]

Neste livro, registaram também as eleições das Juntas Consultivas, que estiveram em funções nos anos económicos de 1875 para 1876 e de 1876 para 1877.
Esta fonte contém termos de abertura (fólio inicial) e encerramento (fólio 139).

[Termos de admissão de Irmãos na Confraria dos Clérigos Pobres de Nossa Senhora da Misericórdia]

Brochura constituída por registos de admissão de Irmãos na Confraria dos Clérigos Pobres de Nossa Senhora da Misericórdia. Os assentos contêm dados como: data da petição para admissão na Irmandade ou data da entrada (dia, mês e ano); referência ao Irmão que ocupava anteriormente a vaga; motivo pelo qual vagou o lugar; nome, profissão, cargo e morada do suplicante; valor da esmola; entre outros.
Esta fonte contém termo de encerramento.

Confraria dos Clérigos Pobres de Nossa Senhora da Misericórdia

[Tenor de Repieno]

Parte vocal de Tenor Tutti do Invitatório de Nossa Senhora. Dividido em vários andamentos: Invitatório de Nossa Senhora “Sancta Maria Dei genitrix” (Allegretto); Responsório 1º “Sancta et inmaculata” (Andante), “Quia quem caeli” (Allegro); Responsório 2º “Congratula” (Allegretto), “Et de meis” (Allegro); Responsório [3º] “Quia ex te” (Allegro).

[Tenor Tutti]

Parte vocal do Tenor das Paixões de Domingo de Ramos e de Sexta-feira Santa de compositor anónimo. Supõe-se que seja a parte vocal do tutti (coro).

[Tenor Tutti/Coro]

Parte vocal do Tenor Solo do Te Deum Laudamus. Os supostos versos ímpares cantados pelo coro, não estão numerados: “Te Dominum confitemur”; “Tibi omnes Angeli”; “Sanctus”; “Sanctus Dominus Deus Sabaoth”; “Te gloriosus Apostolorum”; “Te Martyrum candidatus”; “Patrem immensae majestatis”; “Sanctum quoque Paraclitum Spiritum”; “Tu Patris sempiternus es Filius”; “Tu devicto mortis aculeo”; “Judex crederis esse Venturus”; “Aeterna fac cum Sanctis”; “Et rege eos”; “Et Laudamus nomen tuum”; “Miserere nostri”; “In te Domine”. Depois do Finis encontramos uma melodia a 3/4 do versículo “Te ergo, quæsumus, tuis famulis subveni, quos pretioso sanguine redemisti”.

[Soprano Tutti/Coro]

Parte vocal do Soprano Tutti, que canta a parte do Coro, do Te Deum Laudamus. Andamentos ímpares:
1 – “Te Dominum confitemur”
3 – “Tibi omnes Angeli”
5 – “Sanctus”
7 - “Sanctus Dominus Deus Sabaoth”
9 – “Te gloriosus Apostolorum”
11 – “Te Martyrum candidatus”
13 – “Patrem immensae majestatis”
15 – “Sanctum quoque Paraclitum Spiritum”
17 – “Tu Patris sempiternus es Filius”
19 – “Tu devicto mortis acúleo”
21 – “Judex crederis esse Venturus”
23 – “Aeterna fac cum Sanctis”
25 – “Et rege eos”
27 – “Et Laudamus nomen tuum”
29 – “Miserere nostri”
31 – “In te Domine”
Depois do Finis encontramos uma melodia a 3/4 do versículo “Te ergo, quæsumus, tuis famulis subveni, quos pretioso sanguine redemisti”.

Resultados 11 a 20 de 1177