Mostrar 311 resultados

Descrição arquivística
Irmandade do Santíssimo Sacramento da Igreja de Nossa Senhora da Encarnação Documento composto
Previsualizar a impressão Ver:

Legados pios e modelos de requerimentos

Modelos dos requerimentos necessários para a Irmandade do Santíssimo Sacramento proceder à liquidação dos encargos pios a seu cargo: atestado passado pelo Capelão celebrante das missas, o requerimento para pedir Alvará de quitação ao Juiz de Legados Pios e diversos modelos de certidões, a ser passadas pela Irmandade, como comprovativo do cumprimento dos legados (f. 1-8). Apresenta também as contas dos legados dos beneméritos: D. Maria Carolina de Avilez Cardoso (1894-1929), Camilo António da Silva (1894-1921), Conselheiro Marçal José Ribeiro (1895-1919), Manuel Sousa Caldeira e outros (1895-1919), Francisco Xavier de Araújo (1892-1919) e Nicolau Pereira (1897-1919) (f. 9-33). Em anexo, apresenta ainda rascunhos de contas dos legados pios de outros beneméritos, que não chegaram a ser transpostos para o presente livro: D. Emília Cândida Rodrigues (1899-1902), D. Antónia da Costa (1906-1942), António Joaquim Abranches (1918-1941) e Domingos Francisco Lafonte (1904-1934). As contas referidas indicam o nome do benemérito, a duração do legado, morada na época em que faleceu, valor do legado, data de extinção e descrição dos encargos religiosos e civis respectivos e sua liquidação anual. Também em anexo apresenta modelos de requerimentos dactilografados relativos ao cumprimento de legados pios, certidões do cumprimento de encargos pios, como esmolas e missas, e diversos Alvarás de quitação da tomada de contas dos encargos pios.

Livro Caixa

Informação organizada cronologicamente, dividida em receitas e despesas, indicando cada assento, estruturado em colunas, o ano, mês e dia, a descrição da receita ou da despesa, a importância recebida ou paga e os subtotais. No final de cada página apresenta o somatório total e, no final de cada mês, o saldo mensal.

Livro de Caixa a escriturar pelo tesoureiro em conformidade do disposto no Artigo n.º 82 e seu § único do Regulamento Geral das Associações Religiosas dos Fiéis

Informação disposta em colunas, com a receita e despesa separada, respectivamente à esquerda e direita da folha, indicando a data (ano, mês e dia), número da guia ou ordem de pagamento, nome do indivíduo ou entidade que paga ou recebe, proveniência da receita ou despesa e os respectivos valores. No final de cada página e de cada mês apresenta também o saldo parcial ou mensal. Neste livro, entre 1838 e 1840, apresenta ainda termos de encerramento anuais, com os totais da despesa e receita por extenso, o saldo final e assinado por todos os membros da Mesa. Apresenta também os encerramentos no final do biénio de gerência da Mesa administrativa, em finais de Maio de 1938 e de 1940. Possui termos de abertura e encerramento.

Livro de verbas da Irmandade do Santíssimo Sacramento da Paróquia de Nossa Senhora da Encarnação (borrão)

Indica em cada folha o ano, se é receita ou despesa e, à esquerda os meses do ano. Dispostas em colunas apresenta as diversas verbas orçamentais, as quantias recebidas / despendidas e os totais de cada coluna / verba. Nalguns dos anos apresenta, na última coluna, os valores totais recebidos ou despendidos em cada mês.

Diário da receita e despesa da Irmandade do Santíssimo Sacramento da Igreja de Nossa Senhora da Encarnação

No topo de cada folha indica-se o ano a que reporta e a informação encontra-se estruturada em colunas, apontando a data (mês e dia), descrição da receita ou despesa, número de ordem, movimento diário (entradas, saídas e saldo), dinheiro em cofre e nos bancos; nas últimas colunas indicam-se as despesas e receitas relativas a rendas de casas. No final de cada ano possui um resumo total, organizado por verbas orçamentais.

Quotas

Cada verbete indica o número do livro e fólio do Livro de Assentos dos Irmãos, o nome do irmão, a morada ou local de trabalho (para cobrança) e data de entrada para a Irmandade. Alguns dos verbetes possuem anotações, tais como: falecido, remido, etc., e ainda registo de alterações de moradas ou outros elementos, como por exemplo, a passagem do pagamento da quota para outro familiar.

Listas para pedir donativos destinados à realização de obras na Igreja de Nossa Senhora da Encarnação de Lisboa

Duas listas para assentar donativos destinados à realização de obras na Igreja de Nossa Senhora da Encarnação de Lisboa: a lista respeitante aos irmãos da Irmandade do Santíssimo Sacramento apresenta, em colunas, os seguintes elementos: número do irmão (números 1 a 53), nome, morada e contribuição oferecida. A lista respeitante aos fiéis indica o nome, morada e quantia recebida.

Receita e despesa do Cofre de Socorros da Real Irmandade do Santíssimo

Receita e despesa separadas, respectivamente à esquerda e à direita da folha, indicando, para cada registo, a data (ano, mês e dia), o descritivo da receita ou da despesa e respectiva quantia. Cada registo é rubricado pelo escrivão (de 1893 a 1898), mas os da receita não possuem a rubrica do tesoureiro, como fora estipulado pelas Instruções do Governo Civil de Lisboa de 1859. No final de cada ano económico apresenta o termo de encerramento das contas, assinado pelos membros da Mesa da Irmandade, com os valores totais anuais e saldo respectivo por extenso. A data final da unidade de instalação coincide com o período em que a Comissão Administrativa termina e se inicia nova administração, com a gerência de uma Mesa eleita pela Irmandade. Possui termos de abertura e encerramento. Tesoureiro: Abílio Barata e Silva; João Baptista Teixeira; Matias José Coelho. Escrivão: José Joaquim Barata Correia.

Diário para a receita e despesa do Cofre dos Socorros da Irmandade do Santíssimo

Receita e despesa separadas, respectivamente à esquerda e direita da folha indicando, para cada registo, a data (ano, mês e dia), o descritivo da receita ou da despesa e respectiva quantia. Possui o encerramento das contas no final de cada ano económico, excepto no ano de 1934. Possui termos de abertura e encerramento. Tesoureiro: Joaquim José Serra. Escrivão: Henrique Carlos Marques Cruz.

Receita feita por Francisco António Colffs como tesoureiro da Irmandade do Santíssimo Sacramento da Paroquial Igreja de Nossa Senhora da Encarnação

Regista as verbas que o tesoureiro Francisco António Colffs recebeu, indicando, em colunas, a folha do livro de receita da Irmandade (ver série com ref.ª PT-INSE-ISSIE/GF/03/01-08 e 09), a descrição da receita carregada na sua conta e valor respectivo. Neste primeiro livro, no verso da folha de título, apresenta ainda os nomes dos membros e cargos respectivos da nova Mesa, que tomara posse em 8 de Março de 1790 e dos definidores eleitos. Nas folhas 91 a 98, indica ainda, em listas anuais, os pagamentos das jóias e tochas dos mordomos e irmãos novos e das jóias pagas pelos mesários, entre 1789 e 1796. Tesoureiro: Francisco António Colffs.

Resultados 11 a 20 de 311