Mostrar 786 resultados

Descrição arquivística
Irmandade dos Clérigos do Porto Com objeto digital
Previsualizar a impressão Ver:

Baixo a 4

Parte vocal do Baixo Solo. Divide-se nos seguintes andamentos: Invitatório "Christus natu est nobis" (Largo e Allegro); 1º Nocturno - Responsório 1º "Hodie nobis" (Moderato), "Gaudet exercitus angelorum" (Presto), Solo "Gloria in excelsis Deo" (Giusto Allegro), "Gaudet exercitus angelorum" (Presto); Responsório 2º "Hodie per to tum mundum" (Allegro non tanto); Responsório 3º Pastorela "Natum vidimus" (Moderato non Allegro), Pastorella "Natum vidimus" (Allegro), Pastorella "Natum vidimus" (Moderato); 2º Nocturno - Responsório 4º "Ó Magnum" (Moderato), Pastorella "Ja centem presepio" (Adagio Piu tosto), "Beata virgo" (Allegro), "Ave Maria" (Allegro); Responsório 5º Pastorella "Hodie genuit Salvato" (Poco Allegro); Responsório 6º "Quia quam" (Fugatto); 3º Nocturno - Responsório 7º "Qui hodie" (Larghetto), Pastorella "Qui hodie" (Larghetto); Responsório 8º Pastorella "Verbum caro factum" (Larghetto), Solo "Omina per ipsum" (Allegretto), "Et vidimus gloriam" (Allegro), Pastorella "Et vidimus" (Allegro).

Baixo a 4

Parte vocal do Baixo do Gradual Propter Veritatum. Divide-se nos seguintes andamentos: “Propter Veritatum” (Moderato); “Alleluya” (Allegro).

Baixo de Repieno

Parte vocal de Baixo Tutti do Invitatório de Nossa Senhora. Dividido em vários andamentos: Invitatório de Nossa Senhora “Sancta Maria Dei genitrix” (Allegretto); Responsório 1º “Sancta et inmaculata” (Andante), “Quia quem caeli” (Allegro); Responsório 2º “Congratula” (Allegretto), “Et de meis” (Allegro); Responsório [3º] “Quia ex te” (Allegro).

Baixo de Repieno

Parte vocal do Baixo Tutti das Matinas da Maternidade de Nossa Senhora. Divide-se nos seguintes andamentos: Invitatorio “Maternitatem beata Mariae” (Adagio), “Materinatem Beata Mariae” (Allegreto), Hymno, principia o Coro – 2º “Hoc virgo nobis”, 4º “Voces Parentis”; 1º Nocturno - 1º Responsório “Felix es” (Andante moderato), “Alleluia Alleluia” (Allegro), 2º Responsório “Sine tactu pudores” (Andante com motto), “Quicae lumteram” (Allegreto), 3º Responsório “Multae filiae” (Allegreto), “Speciosa facta es” (Allegro); 2º Nocturno - 4º Responsório “Gloriosae Virginis Maria” (Andante moderato), 5º Responsório “Benedicta Filia tu” (Andante con motto), “Sola sine ex” (Allegreto), 6º Responsório “Benedicta in ter mulieres” (Andante moderato), “Um de hoc mihi” (Allegreto); 3º Nocturno - 7º Responsório “Beata es virgo Maria” (Andante con motto), “Proptere a benedixit te Deus” (Allegro).

Balanço Dos Fundos dos Legados.

Livro constituído por balanços dos fundos dos legados administrados pela Irmandade dos Clérigos do Porto. Esta documentação aponta os legados cujos fundos se encontravam extintos ou abatidos e apresenta o estado actualizado dos restantes.
Esta fonte contém termos de abertura (fólio 1) e encerramento (fólio 97v).

Mesa da Irmandade dos Clérigos do Porto

Bilhetes da Torre

Registo numerado, com as seguintes informações divididas em colunas: data de saída dos bilhetes vendidos para visita da Torre dos Clérigos, número de bilhetes vendidos, data de entrega, total recebido (quantitativos provenientes da venda) e percentagem paga pela mesma venda. Com uma coluna destinada a observações.
Com termo de abertura num dos fólios iniciais não numerados e termo de encerramento no fl. 100v.

Mesa da Irmandade dos Clérigos do Porto

Caderno das Missas de Passo de Souza

Livro do rol das missas celebradas no Mosteiro de Paço de Sousa, pelas almas dos Irmãos falecidos da Irmandade dos Clérigos do Porto.
Esta fonte contém os róis de missas por cinco Irmãos dos Clérigos do Porto, com as respectivas certidões passadas por António dos Serafins Pereira, Sacristão-Mor do Mosteiro do Salvador de Paço de Sousa.
No fl. 14v., encontra-se o recibo de pagamento da quantia competente pelo Secretário da Irmandade dos Clérigos do Porto em 23 de Agosto de 1803.
Esta fonte contém termo de abertura (fl. 1) e termo de encerramento (fl. 10v.).

Caderno de varios acentos de Lembranças 1724

Livro que deve ter pertencido a José Álvares da Silva e que contem diversas contas relacionadas com o despacho de mercadorias em diversas embarcações, venda de mercadorias e ainda vários lançamentos de dinheiro emprestado. Alguma da informação registada foi rasurada.

Caixa Geral

A partir de Novembro de 1810 passa a ser referido o exame das contas de acordo com os Estatutos da Irmandade.
Com termo de abertura no fl. 1 e termo de encerramento no fl. 227v.

Caixa Geral

Com termo de abertura no fl. 1 e termo de encerramento no fl. 190v.

Resultados 101 a 110 de 786