Mostrar 25823 resultados

Descrição arquivística
Documento simples
Previsualizar a impressão Ver:

869 resultados com objetos digitais Mostrar resultados com objetos digitais

Indultos Apostolicos

Livro para transcrição dos indultos apostólicos concedidos à Irmandade dos Clérigos do Porto. Este livro contém as cópias dos seguintes indultos:

  • União das Irmandades, por Clemente XI em 1710-10-06;
  • Isenção Paroquial, por Clemente XII em 1734-08-26;
  • Indulgência plenária de 7 anos, por Bento XIV em 1749-06-30;
  • Altar da Irmandade privilegiado para os Irmãos no dia dos Defuntos e aos Sábados, por Bento XIV em 1749-09-22;
  • Altar de São Paulo privilegiado no dia dos Defuntos e Oitava e dois dias da semana, 2.ª e 4.ª por 7 anos, por Bento XIV em 1749-10-01;
  • Altar privilegiado de Santa Ana, por Bento XIV em 1753-02-21;
  • Indulgência plenária no dia de Santo António por 7 anos, por Bento XIV em 1753-03-26;
  • Para ter o Santíssimo Sacramento, por Bento XIV em 1755-11-22;
  • Comutação dos Responsorios de Dionísio Verne, pela Sagrada Congregação dos Cardeais da Santa Igreja de Roma em 1756-05-08;
  • Indulgência na Capela de Nossa Senhora da Lapa por 7 anos, por Bento XIV em 1757-02-10;
  • Indulgência plenária no dia de Nossa Senhora da Assunção por 7 anos, por Bento XIV em 1757-06-17;
  • Privilégio no Altar do Hospital para as missas que se celebrarem no dia de óbito de algum enfermo no Hospital, por Clemente XIV;
  • Indulgência plenária para os Irmãos no dia em que entram para a Irmandade, no artigo da morte e dia de Festa, por Clemente XIV em 1771-05-28;
  • Indulgência plenária para o artigo da morte, por Clemente XIV em 1771-05-31;
  • Privilégio para as Missas dos Estatutos, por Clemente XIV em 1771-05-31;
  • Altar da Enfermaria Privilegiado, por Clemente XIV em 1771-05.30;
  • Breve perpétuo de Indulgência plenária para uma sexta-feira da Quaresma e sete anos e sete quarentenas em todas as sextas-feiras da mesma, por Pio VI em 1778-12-11;
  • Breve perpétuo de Indulgência plenária para um Sábado de cada ano e sete anos e sete quarentenas de cada mês e em dia todos os Sábados do ano, por Pio VI em 1778-12-11;
  • Breve para Indulgência plenária para as 40 horas, por Pio VI em 1778-12-11;
  • Breve de Indulgência plenária para o dia da Festa de Nossa Senhora da Assunção e sete anos e sete quarentenas nas outras cinco festas da mesma Senhora, por Pio VI em 1778-12-17;
  • Breve de Indulgência plenária para os moribundos da Enfermaria, por Pio VI em 1778-12-11;
  • Breve de privilégio ao Altar das Enfermaria, por Pio VI em 17781-12-11;
  • Breve para segundo altar privilegiado na Igreja, por Pio VI em 1778-12-12;
  • Breve para ser privilegiado o Altar de São José para as missas pelas almas dos Irmãos, ampliando este privilégio a todos os Altares da Igreja no dia de óbito ou deposição de qualquer Irmão, por Pio VI em 1779-01-05;
  • Breve para se dar a absolvição aos Irmãos no artigo da morte;
  • Breve para nos dias 13 e 14 de Agosto se cantarem as missas de São Filipe de Néri, e São Pedro ad Vincula em concorrência de outros santos, por Pio VI em 1789-05-14;
  • Breve para no Sábado seguinte ao dia décimo de Novembro se rezar e dizer Missa de Santo André Avelino com oritu duplex, por Pio VII em 1803-01-15;
  • Indulto do Núncio Apostólico e concessão de Indulgência para os fiéis que rezarem diante da imagem de Santo André Avelino, colocada na Igreja dos Clérigos, em 1804-07-07;
  • Breve requerido à nunciatura reduzindo a 6 o número de 7 capelães do coro, em 1903-07-20.
    Este livro contém termo de abertura (fl. 1) e termo de encerramento (fl. 145v.).

Mesa da Irmandade dos Clérigos do Porto

1720 Abecedario do Livro de contas correntes

Índice onomástico do livro das contas correntes, elaborado em 1720. Esta fonte encontra-se organizada por letras do abecedário, onde foram registados os nomes dos indivíduos envolvidos nas contas correntes da Irmandade - provavelmente devedores - e o fólio onde se encontra o registo dos mesmos no respectivo livro. Contém registos correspondentes às seguintes letras: A, B, C, D, F, G, J, L, M e P.

Mesa da Irmandade dos Clérigos do Porto

Porta de Sima de Vila

Livro constituído por um assento relativo aos deveres dos Zeladores da Irmandade (fólios iniciais), por listas de Irmãos e por uma lista de «Irmaos Compostos, que não tem recado e os que se achão auzentes».

Porta de Sima de Vila

Nesta fonte implementaram um sistema de controlo, assente na posição dos vértices superiores de triângulos, que auxiliava a memória dos Zeladores no cumprimento das suas tarefas.

Porta Nova

Nesta fonte implementaram um sistema de controlo, assente na posição dos vértices superiores de triângulos, que auxiliava a memória dos Zeladores no cumprimento das suas tarefas.

[Inventários 1749 a 1782]

Livro constituído pelos seguintes arrolamentos de bens:

  • «LIVRO DO INVENTARIO DA PRATA, PARAMENTOS, & MAIS FABRICA DA NOVA IGREJA, E SACRISTIA DESTA VENERAVEL IRMANDADE DE N. S.RA DA ASSUMPÇÃO, S. PEDRO, E S. FILIPPE NERI, DIVIDIDO EM TITULOS, PARA DAR LUGAR AO AUGmento do dito inventario, NUMERADO, E RUBRICADO PELO M. R. S.R MANOEL DE BRITO SALGAdo Prior reservatario das igrejas de Palmàs, & San-Tiago, & Presidente desta Irmandade. ANNO de 1749. Na officina da Curiosidade.» (1749-00-00; fólios 2 a 19; índice actualizado no fólio 3);
  • «(…) Inventario dos paramentos, prata, e mais fabrica desta Igreja, e Sacristia; feito em o primeiro de Outubro de 1762» (1762-10-01; fólios 20 a 51v; índice actualizado no fólio 20);
  • «Inventario de todos os bens existentes na Capela de N. Snr.a da Lapa feito este anno de 1782 P. Lucas Coelho Pereira» (1782-00-00; fólios 52 a 53v);
  • «Inventario de todos os bens, e trastes, que existem, e se comprarão para este Hospital dos Clerigos pobres em 20 de Outubro de 1780» ([posterior a 1780-10-20]; fólio 54v).
    Esta fonte contém termos de abertura (fólio 1) e encerramento (fólio 55v).
Resultados 1 a 10 de 25823