Mostrar 139 resultados

Descrição arquivística
Arquivo Histórico da Cáritas Portuguesa Série
Previsualizar a impressão Ver:

Projeto Inclusão

Série documental referente ao Projeto Inclusão (Fundo Social Europeu), com os seguintes objetivos gerais: promoção da população em situação de exclusão; aquisição de competências sociais e pessoais em domínios como gestão doméstica, parentalidade e relacionamento interpessoal; integração no mercado de trabalho. Envolveu cinco entidades distribuídas por quatro regiões (Norte, Centro, Lisboa, Algarve), em parceria com a Izone, entidade formadora/consultora.

Cáritas Portuguesa

Projeto QualIntegra

Série composta por documentação referente ao projeto de formação-ação QualIntegra – Qualificar para melhor Integrar (POPH, 3.1.2). Visava a melhoria dos processos de gestão das Cáritas Diocesanas e Paroquiais por intermédio de: reforço de competências de dirigentes, colaboradores e voluntários; apoio ao desenvolvimento organizacional; otimização de metodologias e processos de modernização e inovação. Envolveu 13 entidades distribuídas por 3 regiões (Norte, Centro, Alentejo), em parceria com a Izone como entidade formadora e consultora. Composto por cerca de 92 formações, envolveu 160 formandos, em áreas como prestação dos serviços, relações interpessoais e gestão de qualidade.

Cáritas Portuguesa

Projeto Formações Modulares

Série composta por documentação referente ao Projeto Formações Modulares Certificadas (POPH, Eixos 2, 9 e 8). Teve como finalidade o fomento da melhoria da qualificação dos indivíduos ativos empregados e desempregados. Como entidade promotora, a Cáritas Portuguesa procedeu à articulação entre o Fundo Social Europeu, a entidade formadora, FormAjuda, e as entidades beneficiárias. Realizaram-se 24 cursos, com cerca de 270 formandos nas seguintes áreas: puericultura, 3.ª Idade e deontologia e ética profissionais.

Cáritas Portuguesa

Projeto Igualitas

Série composta por documentação referente ao Projeto Igualitas sobre igualdade de género (POPH, Eixos Prioritários 7, 8 e 9, Tipologias 7.2, 8.7.2 e 9.7.2). Promovido pela Cáritas Portuguesa, teve a FormAjuda como entidade formadora e a Rede Cáritas como destinatária (dirigentes e técnicos). Entre os seus objetivos, encontram-se: o fomento da mudança organizacional por intermédio da introdução de procedimentos técnico-administrativos promotores da igualdade de género; a transferência por via das intervenção de proximidade de valores e práticas subjacentes à promoção da igualdade de género.

Cáritas Portuguesa

Projeto Formar em Rede

Série composta por documentação referente ao Projeto Formar em Rede (POEFDS, Eixo 5, Ação Tipo 5.1.2.3). Promovido pela Cáritas Portuguesa, a sua execução envolveu 5 cursos de formação, 18 ações de formação e 13 ações não formativas para 239 dirigentes, técnicos e agentes com trabalho quotidiano com utentes das organizações de origem. acolhimento, apoio e encaminhamento de utentes eram planos privilegiados, assim como a intervenção proativa nas áreas do atendimento social e da formação parental.

Cáritas Portuguesa

Projeto E-Qualificação

Série composta por documentação referente ao Projeto E-Qualificação - capacitar para inovar, (Programa EQUAL - Medida 3.31). O projeto visava fornecer mecanismos de formação para organizações do terceiro setor, por intermédio de formação a distância, usando as tecnologias de informação e comunicação. Promovido por parceria de desenvolvimento entre ANIMAR, Cáritas Portuguesa, Aksen, Proact, Ideia Alentejo e Cáritas de Portalegre-Castelo Branco. Composto por 9 cursos, entre 2004 e 2008, complementados por conteúdos transversais de cidadania e igualdade de género, abrangeu 139 formandos.

Cáritas Portuguesa

Projeto Envolver +

Série composta por documentação referente ao Projeto Âncora, inserido no Projeto Envolver +, em cinco regiões (Alentejo, Algarve, Braga, Guarda, Vila Real), marcadas pela interioridade e com problemas de falta de emprego, de empobrecimento, de dificuldade de acesso a bens e serviços fundamentais e de comportamentos marginais. Visava a promoção social e profissional de públicos desfavorecidos, por intermédio da formação e qualificação das entidades executoras para atuação junto de pequenos grupos como base para intervenção contínua e efetiva no plano social. A Cáritas Portuguesa coordenou o projeto, entre 2003 e 2005, com seis organizações: Fundação Frei Eurico de Mello (Évora), Cáritas Diocesana da Guarda, Centro Paroquial de Limões (1.ª Fase), Província Portuguesa da Ordem Franciscana (Comunidade de Montariol - Braga), Associação Tertio Millennio (Braga), Cáritas Diocesana do Algarve (2.ª Fase).

Cáritas Portuguesa

Projeto Convergências

Série composta por documentação referente ao Projeto Convergências - Comunicar para valorizar (Programa EQUAL - Medida 5.1). Teve como finalidade a qualificação de organizações e profissionais da economia social. Envolvendo 13 parceiros nacionais e abrangendo 11 distritos, entre 2002 e 204, competia à Cáritas Portuguesa: a coordenação da execução, por intermédio da participando nas comissões orientadoras (diretiva, acompanhamento e observatório); o apoio a ações de dinamização, promoção e divulgação; a afetação de recursos humanos e logísticos; a divulgação dos produtos do projeto junto da rede de associados e de organizações cívicas e solidárias. Com uma vertente transnacional, a ação 2 do Programa implicou a participação da Cáritas Portuguesa no Comité de Pilotage do Acordo de Cooperação Transnacional do Projeto EQUAL Economia Social e Desenvolvimento Local, entre 2002 e 2003, juntamente com parceiros de Itália, Holanda e Espanha para: intercâmbio de informação e experiências; trabalho em rede; investigação de novas formas de financiamento de pequenos projetos; novos oportunidades de criação de emprego.

Cáritas Portuguesa

Obra do Ardina

Série composta por documentação referente a formação profissional promovida pela Cáritas Portuguesa e pela Obra do Ardina (com apoio do Fundo Social Europeu). Visava proporcionar aptidões necessárias para o exercício de profissões específicas entre jovens de idades inferiores a 25 anos. Incluía aulas téorico-práticas em artesanato, construção civil, eletricidade e serviços domésticos, com duração de 1200 horas e envolveu cerca de 30 alunos, entre maio e dezembro de 1986, na Obra do Ardina, que proporcionou os formadores.

Cáritas Portuguesa

Resultados 1 a 10 de 139