Francisco Lino Neto

Zona de identificação

tipo de entidade

Pessoa singular

Forma autorizada do nome

Francisco Lino Neto

Forma(s) paralela(s) de nome

Forma normalizada do nome de acordo com outras regras

Outra(s) forma(s) do nome

identificadores para entidades coletivas

área de descrição

datas de existência

1918-1997

história

Francisco Lino Neto (1918-1997), filho de António Lino Neto, foi um dos protagonistas do militantismo católico, que, a partir dos anos 50, se posicionou em confronto com o regime do Estado Novo. Destacou-se como engenheiro eletrotécnico no quadro do Metropolitano de Lisboa. Militante católico da Juventude Universitária Católica, foi apoiante de Humberto Delgado às eleições presidenciais de 1958 e eleito deputado em 1976 pelo PS, pelo círculo Lisboa, para a I Legislatura da Assembleia da República. Na afirmação de um catolicismo ”consciente”, Francisco Lino Neto, assumiu uma postura de intervenção a partir de 1958, no contexto das eleições para a Presidência da República. Passou, então, a liderar a chamada “oposição católica” como redator e subscritor de documentos públicos, iniciativas que o levariam a ser vigiado pela PIDE e mesmo preso em outubro de 1958. Dos documentos referenciados, destacam-se a carta ao jornal “Novidades”, de 19 de maio de 1958, denunciando o apoio do jornal ao candidato do regime, o texto, em forma de entrevista, intitulado “Considerações dum católico sobre o período eleitoral”, cortado pela censura, e publicado em folheto de edição anónima, em junho de 1958. Em fevereiro de 1959, escreve o texto introdutório de um abaixo-assinado “As relações entre a Igreja e o Estado e a liberdade dos católicos”, e em março de 1959 uma carta a António de Oliveira Salazar sobre os serviços de repressão do regime, que viria a circular como folheto impresso. Apresentou-se como candidato católico nas eleições de 1961, e em 1965 integrou o Movimento Cristão de Ação Democrática. Em 1969, é candidato independente nas listas da CDE de Santarém, às eleições para a Assembleia Nacional. Redige um documento sobre “A questão ultramarina: sugestões para uma perspetiva de solução”, onde sugere a necessidade da paz imediata.

Locais

status legal

funções, ocupações e atividades

Mandatos/Fontes de autoridade

Estruturas internas/genealogia

contexto geral

Área de relacionamento

Área de pontos de acesso

Pontos de acesso - Assuntos

Pontos de acesso - Locais

Ocupações

Zona do controlo

Identificador do registo de autoridade

FLN

Identificador da instituição

Regras ou convenções utilizadas

Estatuto

Nível de detalhe

Datas de criação, revisão ou eliminação

Línguas e escritas

Script(s)

Fontes

Notas de manutenção

  • Área de transferência

  • Exportar

  • EAC

Assuntos relacionados

Locais relacionados